O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Restauração e colorização de fotografias.

Restauração e colorização de fotografias.
Caros amigos sem véus e com véus. Com muito gozo divulgo os valiosos préstimos profissionais do meu estimado amigo Reinaldo Elias, que tornou-se um tarimbado especialista em restauração e colorização de fotografias. Pelo criterioso trabalho, que envolve pesquisa e arte os preços cobrados pela restauração e colorização são módicos. Para solicitarem os valiosos préstimos profissionais entrem em contato com o meu querido amigo através do endereço eletrônico: rjelias200@yahoo.com.br Meus outonais olhos estão em água ao lembrar do já distante ano de 1962, quando minha amada e saudosa mãe me levou a uma filial das Casas Pirani, que ficava na Avenida Celso Garcia, para que seu bebezinho nº 6 fosse eternizado nesta fotografia. Embarcamos num trem de subúrbio, um reluzente trem prateado, na Estação de Santo André e desembarcamos na Estação paulistana do Brás. Lembro como se fosse hoje que levei um beliscão da minha genitora, porque eu queria a todo custo embarcar num bonde para chegar as Casas Pirani. Como eram poucas quadras de distância fomos caminhando até o paraíso do consumo. Saudades das Casas Pirani... Ontem, contei ao meu dileto amigo Gilberto Calixto Rios da minha frustração de nunca ter embarcado num bonde paulistano, que para o meu profundo desencanto teve a última linha desativada no ano de 1968, quando estávamos no auge dos nefastos e malditos anos de chumbo. No ano que fui eternizado nesta fotografia fazia sucesso estrondoso na fascinante Arte das Imagens em Movimento a película "Rome Adventure", aqui intitulada "Candelabro Italiano": https://www.youtube.com/watch?v=yLqfxLPga2E que assisti no extinto Cine Carlos Gomes, na condição de vela zeloso das minhas amadas irmãs mais velhas, a Dirce Zaqueu, Jô Oliveira e Maria Inês. Também no ano de 1962 minha diletíssima e saudosa cantora Maysa (1936-1977) deixava sua legião de fãs enternecida com a canção: https://www.youtube.com/watch?v=BeJHOAbkJcg Mãe, sempre te amei, amo e amarei. Saudades... Saudades... Saudades... Caloroso abraço. Saudações emocionadas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo. PS - Apesar dos pesares acho que continuo um petiz sonhador e esperançoso de um novo dia aos moldes da inesquecível personagem Scarlett O' Hara... Max, traga meus sais centuplicado.

Miniconto

Miniconto
Depois que minha neta me eternizou nesta fotografia o telefone tocou. Ao atender a ligação fiquei aterrorizado ao reconhecer a voz de Hades...

Mimo da Monika

Mimo da Monika
O que nos espera na próxima estação?

A viagem continua

A viagem continua
O quie nos espera na próxima estação?

Lambisgoia da Agrado

Lambisgoia da Agrado
Caros confrades/passageiros sem véus e com véus. A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, me surpreendeu porque não a vi trepar (nem preciso dizer que ela adora o outro significado deste verbo principalmente no presente do indicativo) no topo da locomotiva para se exibir e me ofuscar. Caloroso abraço. Saudações exibidas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços e com muita imaginação.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br
Caros confrades passageiros. O pertinaz duende Himineu, que trabalha - com muito afinco para o Todesca - captou e eternizou o momento que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, estava reflexiva a apreciar a paisagem no vagão restaurante do Expresso do Oriente sob meu comando. Caloroso braço. Saudações reflexivas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r
Todos a bordo... A viagem continua...

Blogs todeschinianos

Blogs todeschinianos
Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br "Sonhei que o vagão joaopauloinquiridor.blogspot.com havia caído de uma ponte que ruíra... Mas, foi só um pesadelo..." Caros confrades/passageiros! Não me canso de divulgar os imperdíveis blogs do Todesca: arqtodesca.blogspot.com.br arqtodescadois.blogspot.com.br que são Oásis num deserto de alienação cibernética. É louvável a pertinácia deste notável, tarimbado e erudito ser vivente, que brinda seus felizardos leitores com ecléticas publicações que deixam patente sua vasta erudição e bem viver. Caloroso abraço. Saudações todeschinianas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Continuo a espera de Godot...

Continuo a espera de Godot...
Saudações dionísicas.

Saudações leitoras.

Saudações leitoras.

Seguidores

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Queimada - Película inquietante e imperdível de 1969.

Caros confrades/passageiros!
Para prestar tributo ao "Dia da Consciência Negra", trago à baila a inquietante e imperdível película "Queimada", produzida em 1969. Como é odioso pensar que seres viventes da espécie Homo Sapiens, espécie que surgiu no Continente Africano, têm a audácia de pensar que são superiores aos seus semelhantes por conta da tonalidade da pele.
 

9 comentários:

  1. Claro que neste "Dia da Consciência Negra" este filme é um excelente tributo ! Valerá bem a pena ver o filme, para não esquecermos os terríveis tempos da escravatura e do colonialismo ! ... mas são 2 horas ! :((
    Neste dia é bom recordar também dois grandes Homens que muito fizeram em prol da Humanidade e na defesa dos direitos humanos e da libertação dos negros !
    São eles, Martin Luther King e Nelson Mandela, a quem o Mundo muito deve ! Para eles também a minha homenagem !
    .

    ResponderExcluir
  2. ANA CÉLIA DE FREITAS20 novembro, 2012 17:43

    Boa tarde menino.
    Acho que os negros infelizmente ainda são discriminados nesse país de pessoas sem bom senso, claro que já houve inúmeras conquistas destas pessoas de bem e que fazem a diferença no país,devemos ver as pessoas,seus sentimentos,suas potencialidades,a cor é um diferencial que deveria nem importar,tanto que conheço pessoas negras de coração alegre,puro e humano.Gosto muito de ver negros defendendo o país como o juiz que participou e foi decisivo no mensalão (Joaquim)mas muito bem lembrado : Martin Luther King e Nelson Mandela.Parabéns pela dica de filme.
    Beijossssssssssssssssss.

    ResponderExcluir
  3. ANA CÉLIA DE FREITAS20 novembro, 2012 17:47

    A cor na minha opinião não quer dizer nada,todos devem ter os mesmos direitos e deveres,fico feliz em ver que os negros estão ganhando cada dia mais seu espaço,assim como Joaquim do mensalão figura oponente e decisiva.
    Os negros estão fazendo a diferença na sociedade e como todo ser humano merecem o respeito de todos.
    Nelson Mandela e Martin Luther King sempre figuras ilustres bem lembrado.
    Beijos menino.Parabéns pela dica do filme.

    ResponderExcluir
  4. Caro amigo Rui da Bica!
    Assino embaixo suas considerações!
    Caloroso abraço! Saudações igualitárias!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  5. Cara amiga Ana Célia de Freitas!
    Que bom saber que apreciou a indicação da película!
    Caloroso abraço! Saudações cinéfilas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  6. Um sentimento que, por muito estranho que pareça, se mantém, caro Prof. João Paulo de Oliveira.
    Aquele abraço!!

    ResponderExcluir
  7. Caro amigo Pedro Coimbra!
    Estamos na mesma sintonia!
    Caloroso abraço! Saudações argutas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  8. Estimado Confrade e Ilustre Prof. João Paulo

    Magnifico filme e magistralmente interpretado por Marlo Brando, filme este que tive o parazer de ver por várias vezes.

    Marlon Brando interpreta o agente inglês Walker, enviado ao Novo Mundo para pregar a revolução nas colônias da Espanha e Portugal, oferecendo aos nativos e escravos o apoio financeiro da Inglaterra. Ele vai para a Ilha de Queimada, um importante produtor de cana-de-açúcar, onde ocorre uma tentativa de rebelião dos escravos negros. Seu intuito é contatar o líder e oferecer o apoio inglês. Mas chega tarde, quando o referido líder já havia sido preso e executado. Mas, ao desembarcar no porto, ele havia conhecido um jovem negro chamado José Dolores. Um educado carregador de malas no porto. Walker reconhece nele qualidades potenciais de um lider que poderia substituir o falecido. Resolve ficar e passa a incutir as idéias libertárias(através da Maiêutica Socrática) no inocente, inculto, mas destemido José Dolores, até que, juntos, conseguem organizar uma grande rebelião. A rebelião é vitoriosa mas a falta de cultura de José Dolores, agora no poder, conduz a paralisação da máquina administrativa e econômica da ilha. Então Walker e as classes dominantes derrubam José Dolores numa outra revolução. Ele morre mas desta vez o novo mandatário é satisfatório aos interesses que Walker representa. Missão cumprida! Mas restou a dolorosa perda e senso de culpa pelo destino trágico do humilde amigo de revolução, José Dolores. Anos depois ele retorna para depor quem esta no poder pois o momento econômico exige um novo quadro político na região. Novamente, ao desembarcar no porto, Walker ouve um rapaz com vóz parecida com a de José Dolores humildemente se propor a carregar suas malas. A lembrança do antigo José Dolores lhe faz voltar alegremente ao passado e ele se distrai. Desta vez não é um educado e simples carregador de malas mas um ladrão que esfaqueia Walker fatalmente. End of Story.

    Existiu na vida real um soldado americano chamado William Walker, que no período de 1856-1857 chegou a ser presidente da Nicarágua (financiado pelo magnata Cornelius Vanderbilt).

    Devido as ligações político ideológicas do diretor(com o comunismo)o filme Queimada é um retrato bastante claro de como é possivel produzir um "líder popular nato" e conduzir seus intimos impulsos para o bem comum do povo na direção dos interesses de um poder estrangeiro qualquer. A técnica básica é desenvolvida com perguntas(do agente, Walker) e respostas(do escolhido, José Dolores). Esta técnica é bem conhecida da filosofia Socrática e é chamada de "Maiêutica". Basicamente ela é fundamentada em diálogos despretenciosos, de Walker, mas instigantes no sentido de produzir ao escolhido, José Dolores, emoções e impulsos de iniciativa, em geral revolucionária. O filme Queimada é em seu todo um manual audio visual de como é feita uma doutrinação ideológica(útil a qualquer tendência) e demonstra o que se pode obter em termos de condução de massas populares na direção de interesses estrangeiros numa nação pobre com povo inculto. Embora o filme tenha sido ambientado no século XIX ele se encaixa completamente no contexto da Guerra Fria do século XX.

    Abraço amigo

    ResponderExcluir
  9. Queimada! (em inglês Burn!) é um filme italiano de 1969 do gênero aventura histórica mas com um estilo que o deixa aquém do rigor histórico e o aproxima da crítica política. O filme é dirigido por Gillo Pontecorvo, também diretor de A Batalha de Argel. Rodado em inglês, foi lançado com dublagem em português.

    A ação decorre num ilha ficcional nas Caraíbas, que pertenceria a Portugal. O enredo é baseado, parcialmente, na história do Haiti. O guião original referia-se a uma ilha espanhola, e isso pode ser comprovado pelo fato de grande parte dos personagens manterem os seus nomes espanhóis, como José Dolores em vez do correto José das Dores. Assim sendo, o filme pode ser apontado como um exemplo de estereotipização étnica e linguística relativamente a Portugal.

    ResponderExcluir

Google+ Badge