O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Restauração e colorização de fotografias.

Restauração e colorização de fotografias.
Caros amigos sem véus e com véus. Com muito gozo divulgo os valiosos préstimos profissionais do meu estimado amigo Reinaldo Elias, que tornou-se um tarimbado especialista em restauração e colorização de fotografias. Pelo criterioso trabalho, que envolve pesquisa e arte os preços cobrados pela restauração e colorização são módicos. Para solicitarem os valiosos préstimos profissionais entrem em contato com o meu querido amigo através do endereço eletrônico: rjelias200@yahoo.com.br Meus outonais olhos estão em água ao lembrar do já distante ano de 1962, quando minha amada e saudosa mãe me levou a uma filial das Casas Pirani, que ficava na Avenida Celso Garcia, para que seu bebezinho nº 6 fosse eternizado nesta fotografia. Embarcamos num trem de subúrbio, um reluzente trem prateado, na Estação de Santo André e desembarcamos na Estação paulistana do Brás. Lembro como se fosse hoje que levei um beliscão da minha genitora, porque eu queria a todo custo embarcar num bonde para chegar as Casas Pirani. Como eram poucas quadras de distância fomos caminhando até o paraíso do consumo. Saudades das Casas Pirani... Ontem, contei ao meu dileto amigo Gilberto Calixto Rios da minha frustração de nunca ter embarcado num bonde paulistano, que para o meu profundo desencanto teve a última linha desativada no ano de 1968, quando estávamos no auge dos nefastos e malditos anos de chumbo. No ano que fui eternizado nesta fotografia fazia sucesso estrondoso na fascinante Arte das Imagens em Movimento a película "Rome Adventure", aqui intitulada "Candelabro Italiano": https://www.youtube.com/watch?v=yLqfxLPga2E que assisti no extinto Cine Carlos Gomes, na condição de vela zeloso das minhas amadas irmãs mais velhas, a Dirce Zaqueu, Jô Oliveira e Maria Inês. Também no ano de 1962 minha diletíssima e saudosa cantora Maysa (1936-1977) deixava sua legião de fãs enternecida com a canção: https://www.youtube.com/watch?v=BeJHOAbkJcg Mãe, sempre te amei, amo e amarei. Saudades... Saudades... Saudades... Caloroso abraço. Saudações emocionadas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo. PS - Apesar dos pesares acho que continuo um petiz sonhador e esperançoso de um novo dia aos moldes da inesquecível personagem Scarlett O' Hara... Max, traga meus sais centuplicado.

Miniconto

Miniconto
Depois que minha neta me eternizou nesta fotografia o telefone tocou. Ao atender a ligação fiquei aterrorizado ao reconhecer a voz de Hades...

Mimo da Monika

Mimo da Monika
O que nos espera na próxima estação?

A viagem continua

A viagem continua
O quie nos espera na próxima estação?

Lambisgoia da Agrado

Lambisgoia da Agrado
Caros confrades/passageiros sem véus e com véus. A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, me surpreendeu porque não a vi trepar (nem preciso dizer que ela adora o outro significado deste verbo principalmente no presente do indicativo) no topo da locomotiva para se exibir e me ofuscar. Caloroso abraço. Saudações exibidas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços e com muita imaginação.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br
Caros confrades passageiros. O pertinaz duende Himineu, que trabalha - com muito afinco para o Todesca - captou e eternizou o momento que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, estava reflexiva a apreciar a paisagem no vagão restaurante do Expresso do Oriente sob meu comando. Caloroso braço. Saudações reflexivas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r
Todos a bordo... A viagem continua...

Blogs todeschinianos

Blogs todeschinianos
Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br "Sonhei que o vagão joaopauloinquiridor.blogspot.com havia caído de uma ponte que ruíra... Mas, foi só um pesadelo..." Caros confrades/passageiros! Não me canso de divulgar os imperdíveis blogs do Todesca: arqtodesca.blogspot.com.br arqtodescadois.blogspot.com.br que são Oásis num deserto de alienação cibernética. É louvável a pertinácia deste notável, tarimbado e erudito ser vivente, que brinda seus felizardos leitores com ecléticas publicações que deixam patente sua vasta erudição e bem viver. Caloroso abraço. Saudações todeschinianas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Continuo a espera de Godot...

Continuo a espera de Godot...
Saudações dionísicas.

Saudações leitoras.

Saudações leitoras.

Seguidores

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Película imperdível

Caros confrades passageiros.
Tenho grande apreço pelo saudoso cineasta paulistano Walter Hugo Khoury (1929-2003), que deixou marcas indeléveis na fascinante Arte das Imagens em Movimento brasileira.
Mais uma vez apresento aqui a imperdível película waterhugokhouryana de  1958 "Estranho encontro", seguida de um vídeo onde cinéfilos expertos discorrem sobre a carreira profícua do nobilíssimo cineasta paulistano.
Caloroso abraço. Saudações walterhugokhourynas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

domingo, 15 de outubro de 2017

Mata Hari

Caros confrades passageiros.
No dia em ainda em curso está em foco o 1º centenário do embarque compelido e injustiçado no Expresso da Eternidade da Mata Hari.
Max...
Caaloroso abraço. Saudações injustiçadas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Cartunista maioral

Caros confrades passageiros.
São fã de carteirinha da talentosa cartunista Laerte.
Caloroso abraço. Saudações laerteanas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus. sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

sábado, 14 de outubro de 2017

Max...

"Pega pra mim?!
O que?
Aquele treco de coisar
      do lado daquele negócio!"

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Já para o Convento das Redentoras Humilhadas

Caros confrades passageiros.
Suponho que esta fotografia seja do final da década de 50, do século passado e eternizou este flâner, no final da Praia das Pitangueiras, que fica na cidade paulista de Guarujá, onde residi de 1977 a 2002. 
O Edifício Sobre as Ondas, que aparece na foto, está em fase de revitalização
Não posso dizer o que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, disse que as irmãzinhas do Convento das Redentoras Humilhadas carregavam nas bolsas, porque senão este vagão do Expresso do Oriente ficará sujeito a receber a informação transcrita a seguir:
Aviso sobre conteúdo
Alguns leitores deste blog entraram em contato com o Google porque acham que seu conteúdo é questionável. Em geral, o Google não revisa nem endossa o conteúdo deste ou de qualquer outro blog. Para saber mais sobre nossas políticas de conteúdo, acesse os Termos de Serviço do Blogger.

Caloroso abraço. Saudações cautelosas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

terça-feira, 10 de outubro de 2017

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Pluralismo

Caros confrades passageiros.
Assino embaixo o racional e irretocável parecer do articulista Hélio Scwartsman, publicado na semana passada, na Dona Folha, porque o que não me apetece não dou trela, mas não tenho o direito - de ter faniquito - de impedir outrem de apetecer.
Caloroso abraço. Saudações democráticas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

domingo, 8 de outubro de 2017

Retorno triunfal

Caros confrades passageiros.

Não acredito, que gozo mor, a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, disse que o Honorável rei Dom Sebastião (1554-1578), O Desejado, retornou aqui, quando estamos envoltos nesta densa neblina, garboso, vigoroso e vitorioso, porque a nau que ele estava a bordo ficou a deriva no Oceano Atlântico mais de quatro séculos e finalmente fixou âncoras no Porto de Santos.

Ele subiu a Serra e apareceu em Diadema, onde foi recebido com pompa e circunstância. 

Toda honra e toda glória para o meu amado rei Dom Sebastião.

Caloroso abraço. Saudações retornadas na ex-colônia para a estupefação dos lusitanos, que o aguardavam no porto da capital do reino distante além-mar.

Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Concurso público

Caros confrades passageiros.
Este pertinente Editorial foi publicado na edição de ontem do periódico Folha de São Paulo.
Apoio - incondicionalmente - a realização do concursos públicos para o provimento de cargos de Supervisão de Ensino, Diretor de Escola e Coordenador Pedagógico.
Caloroso abraço. Saudações concursadas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Escola laica

Fonte da ilustração: arqtodesca.blogspot.com.br

Ensino religioso nas Escolas Públicas?
Acuda, Max...
Saudações laicas.

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Começou a votação no blog da Ni

No   blogue Simplesmente Ni... ou 

Caloroso abraço. Saudações votadas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Saudações primaveris


domingo, 1 de outubro de 2017

Coluna do José Simão

Caros confrades passageiros.
Lastimo que a coluna do José Simão - na Dona Folha - passou a ser publicada três vezes por semana.
Ele é genial!
Leiam um trecho da coluna do dia em curso.
Max...
Caloroso abraço. Saudações simãonetes.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

sábado, 30 de setembro de 2017

Antídoto

O melhor antídoto para atenuar as atribuições e atribulações do cotidiano é ficar sob a égide dos irmãos Lumière e Dionísio.
Max.



sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Roda de Conversas de Memória

Caros confrades passageiros.
A Roda de Conversas de Memória "batateira" foi memorável. 
O tema de hoje foi o Tricentenário da chegada dos Beneditinos na nossa região. 
O palestrante foi o escritor e jornalista Ademir Medici, um incansável paladino em prol da nossa combalida memória.
Também estavam presentes o alcaide Orlando Morando, o Secretário Adjunto Adalberto Dal Guazzelli, bem como os memorialistas da Estância Turística de Ribeirão Pires, Octávio Davi Filho e Pedro Cordeiro. 
O Octávio me deu de mimo uma obra de arte da lavra da saudosa artista plástica Ester Mazzini e eu doei à Seção de Pesquisa e Documentação "batateira".
Parabenizo o Jorge Magyar, gestor-mor da Seção de Pesquisa e Documentação por ter auspiciosa iniciativa em doar ao Pró-Memória da Estância Turística de Ribeirão Pires um exemplar do livro da lavra do saudoso historiador Wanderley dos Santos (1951-1996), alusivo aos primórdios da Região do Grande ABC, publicado pela Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo, graças a intercessão do Ademir Medici.
O Ademir discorreu - com primor - sobre o tricentenário da chegada dos Beneditinos na nossa região,bem como trouxe à baila datas comemorativas, sobre as origens das sete cidades, que não estão em consonância com fatos históricos.
Caloroso abraço. Saudações beneditinas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Los Angeles em 1949

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br

Caros confrades passageiros.
Esta fotografia, que eternizou um momento da já pujante cidade de Los Angeles, fez-me lembrar do imperdível filme noir "Criss Cross", aqui intitulado "Baixeza" e no reino distante além-mar "Dupla traição". 
Tenho este filme noir na minha dvdteca e pretendo revê-lo. A cena que disponibilizo, o então iniciante ator Tony Curtis (1925-2010) brilha - pela primeira vez - na fascinante Arte das Imagens em Movimento, numa excitante dança com a protagonista Yvonne de Carlo (1922-2007).
LUZES! CÂMERAS! AÇÃO!

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Outro viés...


Caro Gustav von Aschenbach.

Eu te avisei que deveria retornar imediatamente, quando desembarcou em Veneza, mas você não deu trela para meu aviso.
Como lamento saber que embarcou de maneira compelida no Expresso da Eternidade...
Se te servir de consolo, o Tadzio também embarcou da mesma forma que você, décadas depois, no Expresso da Eternidade, caquético e solitário. 
Max...

domingo, 24 de setembro de 2017

Irmãzinhas


Caros confrades passageiros.
Carago, como dizem no reino distante além-mar, ontem,  estas irmãzinhas estavam a flanar num logradouro do bairro paulistano do Bom Retiro, bairro inicialmente - predominantemente - judaico e, na contemporaneidade, com a chegada dos gregos, coreanos, bolivianos e nordestinos tornou-se um bairro multifacetado.
Já para o Convento das Redentoras Humilhadas.
Max...
Caloroso abraço. Saudações atentas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Apesar de apreciar sobremaneira o Inverno, a Primavera me revigora...


Caros confrades passageiros.
Apesar de apreciar sobremaneira o Inverno, a Primavera me dá esperanças de dias revigorantes, como no auge da minha idade primaveril, quando tinha 14 anos, no ano de 1967, apesar de estar sob a égide dos malditos anos da dentadura, digo ditadura (1964-1985).
Max, traga meus sais centuplicado diluídos numa xícara de chá de reminiscências.
Caloroso abraço. Saudações primaveris.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimneto e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Amanhã começa a Primavera!




Google+ Badge