O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Restauração e colorização de fotografias.

Restauração e colorização de fotografias.
Caros amigos sem véus e com véus. Com muito gozo divulgo os valiosos préstimos profissionais do meu estimado amigo Reinaldo Elias, que tornou-se um tarimbado especialista em restauração e colorização de fotografias. Pelo criterioso trabalho, que envolve pesquisa e arte os preços cobrados pela restauração e colorização são módicos. Para solicitarem os valiosos préstimos profissionais entrem em contato com o meu querido amigo através do endereço eletrônico: rjelias200@yahoo.com.br Meus outonais olhos estão em água ao lembrar do já distante ano de 1962, quando minha amada e saudosa mãe me levou a uma filial das Casas Pirani, que ficava na Avenida Celso Garcia, para que seu bebezinho nº 6 fosse eternizado nesta fotografia. Embarcamos num trem de subúrbio, um reluzente trem prateado, na Estação de Santo André e desembarcamos na Estação paulistana do Brás. Lembro como se fosse hoje que levei um beliscão da minha genitora, porque eu queria a todo custo embarcar num bonde para chegar as Casas Pirani. Como eram poucas quadras de distância fomos caminhando até o paraíso do consumo. Saudades das Casas Pirani... Ontem, contei ao meu dileto amigo Gilberto Calixto Rios da minha frustração de nunca ter embarcado num bonde paulistano, que para o meu profundo desencanto teve a última linha desativada no ano de 1968, quando estávamos no auge dos nefastos e malditos anos de chumbo. No ano que fui eternizado nesta fotografia fazia sucesso estrondoso na fascinante Arte das Imagens em Movimento a película "Rome Adventure", aqui intitulada "Candelabro Italiano": https://www.youtube.com/watch?v=yLqfxLPga2E que assisti no extinto Cine Carlos Gomes, na condição de vela zeloso das minhas amadas irmãs mais velhas, a Dirce Zaqueu, Jô Oliveira e Maria Inês. Também no ano de 1962 minha diletíssima e saudosa cantora Maysa (1936-1977) deixava sua legião de fãs enternecida com a canção: https://www.youtube.com/watch?v=BeJHOAbkJcg Mãe, sempre te amei, amo e amarei. Saudades... Saudades... Saudades... Caloroso abraço. Saudações emocionadas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo. PS - Apesar dos pesares acho que continuo um petiz sonhador e esperançoso de um novo dia aos moldes da inesquecível personagem Scarlett O' Hara... Max, traga meus sais centuplicado.

Miniconto

Miniconto
Depois que minha neta me eternizou nesta fotografia o telefone tocou. Ao atender a ligação fiquei aterrorizado ao reconhecer a voz de Hades...

Mimo da Monika

Mimo da Monika
O que nos espera na próxima estação?

A viagem continua

A viagem continua
O quie nos espera na próxima estação?

Lambisgoia da Agrado

Lambisgoia da Agrado
Caros confrades/passageiros sem véus e com véus. A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, me surpreendeu porque não a vi trepar (nem preciso dizer que ela adora o outro significado deste verbo principalmente no presente do indicativo) no topo da locomotiva para se exibir e me ofuscar. Caloroso abraço. Saudações exibidas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços e com muita imaginação.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br
Caros confrades passageiros. O pertinaz duende Himineu, que trabalha - com muito afinco para o Todesca - captou e eternizou o momento que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, estava reflexiva a apreciar a paisagem no vagão restaurante do Expresso do Oriente sob meu comando. Caloroso braço. Saudações reflexivas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r
Todos a bordo... A viagem continua...

Blogs todeschinianos

Blogs todeschinianos
Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br "Sonhei que o vagão joaopauloinquiridor.blogspot.com havia caído de uma ponte que ruíra... Mas, foi só um pesadelo..." Caros confrades/passageiros! Não me canso de divulgar os imperdíveis blogs do Todesca: arqtodesca.blogspot.com.br arqtodescadois.blogspot.com.br que são Oásis num deserto de alienação cibernética. É louvável a pertinácia deste notável, tarimbado e erudito ser vivente, que brinda seus felizardos leitores com ecléticas publicações que deixam patente sua vasta erudição e bem viver. Caloroso abraço. Saudações todeschinianas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Continuo a espera de Godot...

Continuo a espera de Godot...
Saudações dionísicas.

Saudações leitoras.

Saudações leitoras.

Seguidores

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Fico cá a divagar se Elie Andrews não tivesse conhecido Peter Warner...


4 comentários:

  1. Estimado Confrade e Ilustre Prof. João Paulo,
    Tive a perrogativa de ter visto esta bela comédia romântica em meus belos tempos de infância.
    Pois bem como dizia "Fico cá a divagar se Elie Andrews não tivesse conhecido Peter" , pois bem vistas bem as coisas, casar com um playboy contra a vontade dos pais, e ser chantazeada pelo jornalista Peter, e depois seu pai, muito milionário consentir o casamento, me deixa a divagar qual teria sido a melhor opçõ de não esta, mas vejamos o argumento do filme, hoje em inglês.
    Spoiled heiress Ellen "Ellie" Andrews (Claudette Colbert) marries fortune-hunter "King" Westley (Jameson Thomas) against the wishes of her extremely wealthy father (Walter Connolly) who has the marriage annulled. She runs away, boarding a bus to New York City, to reunite with her new spouse, when she meets fellow bus passenger Peter Warne (Clark Gable), an out-of-work newspaper reporter. Warne recognizes her and gives her a choice: if she will give him an exclusive on her story, he will help her reunite with Westley. If not, he will tell her father where she is and collect the reward offered for her return. Ellie agrees to the first choice.

    Soon penniless, Ellie has to rely completely on Peter. As they go through several adventures together, Ellie loses her initial disdain for him and begins to fall in love. When they have to hitchhike, Peter claims to be an expert on the subject. As car after car passes them by, he eventually ends up thumbing his nose at them. The sheltered Ellie then shows him how it's done. She stops the next car, driven by Danker (Alan Hale), dead in its tracks by lifting up her skirt and showing off a shapely leg.





    The hitchhiking scene
    When they stop for a break, Danker tries to drive off with their luggage. Peter chases him down and takes his car. One night, nearing the end of their journey together, Ellie confesses her love to Peter. Peter mulls over what she has said, decides he loves her too, and leaves to make arrangements after she has fallen asleep. When the owners of the motel in which they are staying notice that Peter's car is gone, they roust Ellie out of bed and kick her out.

    Believing Peter has deserted her, Ellie calls her father, who is so relieved to get her back that he agrees to let her marry Westley. Although Ellie has no desire to be with Westley, she believes Peter has betrayed her for the reward money, so she agrees to have a second, formal wedding. Meanwhile, Peter has obtained money from his editor to marry Ellie, but as he drives back to tell her, they pass each other on the road.

    Ellie tries to pretend that nothing has happened, but she is unable to fool her father. She finally reveals the whole story (as she sees it). When Peter comes to Ellie's home, Mr. Andrews offers him the reward money, but Peter insists on being paid only his expenses: a paltry $39.60. When Ellie's father presses him for an explanation of his odd behavior, Peter admits he loves Ellie (although he thinks he is out of his mind to do so), then storms out.

    At the wedding ceremony, as Mr. Andrews walks his daughter down the aisle, he reveals to Ellie Peter's refusal of the reward money and quietly encourages her to run off again, telling her that her car is out back for a quick get-away. At the point where she is to say "I do", she makes up her mind. She runs off to find Peter. Her pleased father pays Westley off, enabling Ellie to marry Peter.

    Seria talvez a melhor escolha para ela, TER ACONTECIDO NAQUELA NOITE, ter encontrado o Inspector Pardal dessa forma o pai por certo consentiria seu casamento e viveriam ricos e felizes, sem necessário pedir carona, num local paradisico do oriente,
    Abraço amigo, saudações pardalescas.

    ResponderExcluir
  2. Estimado amigo António Cambeta!
    Quase ia me esquecendo que o Detetive Pardal é poliglota!
    Apreciei sobremaneira o viés do Detetive para esta imperdível película! Acrescento que o Detetive Pardal depois que casou com a irriquieta Elsie Andrews foi nomeado pelo sogro como o administrador dos seus incontáveis bens e com o seu tino investigativo centuplicou o valioso patrimônio do sogro!
    Caloroso abraço! Saudações imaginativas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  3. Destes lembro-me eu bem ! Dois grandes actores ! :)))

    ResponderExcluir
  4. Estimado amigo Rui da Bica!
    Dois grandes atores que deixaram marcas indeléveis na fascinante Arte das Imagens em Movimento!
    Caloroso abraço! Saudações cinematográficas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir

Google+ Badge