O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Restauração e colorização de fotografias.

Restauração e colorização de fotografias.
Caros amigos sem véus e com véus. Com muito gozo divulgo os valiosos préstimos profissionais do meu estimado amigo Reinaldo Elias, que tornou-se um tarimbado especialista em restauração e colorização de fotografias. Pelo criterioso trabalho, que envolve pesquisa e arte os preços cobrados pela restauração e colorização são módicos. Para solicitarem os valiosos préstimos profissionais entrem em contato com o meu querido amigo através do endereço eletrônico: rjelias200@yahoo.com.br Meus outonais olhos estão em água ao lembrar do já distante ano de 1962, quando minha amada e saudosa mãe me levou a uma filial das Casas Pirani, que ficava na Avenida Celso Garcia, para que seu bebezinho nº 6 fosse eternizado nesta fotografia. Embarcamos num trem de subúrbio, um reluzente trem prateado, na Estação de Santo André e desembarcamos na Estação paulistana do Brás. Lembro como se fosse hoje que levei um beliscão da minha genitora, porque eu queria a todo custo embarcar num bonde para chegar as Casas Pirani. Como eram poucas quadras de distância fomos caminhando até o paraíso do consumo. Saudades das Casas Pirani... Ontem, contei ao meu dileto amigo Gilberto Calixto Rios da minha frustração de nunca ter embarcado num bonde paulistano, que para o meu profundo desencanto teve a última linha desativada no ano de 1968, quando estávamos no auge dos nefastos e malditos anos de chumbo. No ano que fui eternizado nesta fotografia fazia sucesso estrondoso na fascinante Arte das Imagens em Movimento a película "Rome Adventure", aqui intitulada "Candelabro Italiano": https://www.youtube.com/watch?v=yLqfxLPga2E que assisti no extinto Cine Carlos Gomes, na condição de vela zeloso das minhas amadas irmãs mais velhas, a Dirce Zaqueu, Jô Oliveira e Maria Inês. Também no ano de 1962 minha diletíssima e saudosa cantora Maysa (1936-1977) deixava sua legião de fãs enternecida com a canção: https://www.youtube.com/watch?v=BeJHOAbkJcg Mãe, sempre te amei, amo e amarei. Saudades... Saudades... Saudades... Caloroso abraço. Saudações emocionadas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo. PS - Apesar dos pesares acho que continuo um petiz sonhador e esperançoso de um novo dia aos moldes da inesquecível personagem Scarlett O' Hara... Max, traga meus sais centuplicado.

Miniconto

Miniconto
Depois que minha neta me eternizou nesta fotografia o telefone tocou. Ao atender a ligação fiquei aterrorizado ao reconhecer a voz de Hades...

Mimo da Monika

Mimo da Monika
O que nos espera na próxima estação?

A viagem continua

A viagem continua
O quie nos espera na próxima estação?

Lambisgoia da Agrado

Lambisgoia da Agrado
Caros confrades/passageiros sem véus e com véus. A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, me surpreendeu porque não a vi trepar (nem preciso dizer que ela adora o outro significado deste verbo principalmente no presente do indicativo) no topo da locomotiva para se exibir e me ofuscar. Caloroso abraço. Saudações exibidas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços e com muita imaginação.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br
Caros confrades passageiros. O pertinaz duende Himineu, que trabalha - com muito afinco para o Todesca - captou e eternizou o momento que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, estava reflexiva a apreciar a paisagem no vagão restaurante do Expresso do Oriente sob meu comando. Caloroso braço. Saudações reflexivas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r
Todos a bordo... A viagem continua...

Blogs todeschinianos

Blogs todeschinianos
Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br "Sonhei que o vagão joaopauloinquiridor.blogspot.com havia caído de uma ponte que ruíra... Mas, foi só um pesadelo..." Caros confrades/passageiros! Não me canso de divulgar os imperdíveis blogs do Todesca: arqtodesca.blogspot.com.br arqtodescadois.blogspot.com.br que são Oásis num deserto de alienação cibernética. É louvável a pertinácia deste notável, tarimbado e erudito ser vivente, que brinda seus felizardos leitores com ecléticas publicações que deixam patente sua vasta erudição e bem viver. Caloroso abraço. Saudações todeschinianas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Continuo a espera de Godot...

Continuo a espera de Godot...
Saudações dionísicas.

Saudações leitoras.

Saudações leitoras.

Seguidores

terça-feira, 2 de outubro de 2012

É sempre alvissareiro flanar na Praça da República e adjacências!




10 comentários:

  1. Estimado Confrade e Ilustre Prof. João Paulo,
    Faz muito bem ir dando os seus passeios higiénicos por essa pela avenida da república e arredores, é uma forma de descontrair e ir vendo algo sempre interessante.
    Quando se encontrava encostado ao poste se podia ver um letreiro giro, LOVE STORY, não sei se entrou nesse recinto, mas pelos visto apanhou o táxi em Ipiranga e seguiu viagem.
    A Lambisgoia estava na loja do Love Story, e me contou que o Estimado Confrade estava esperando uma companhia de peso, e ficou intrigada quando a viu chegar rsrsr.
    Abraço amigo

    ResponderExcluir
  2. Estimado amigo António Cambeta!
    Deixarei a pão e água a mexeriqueira da lambisgoia da Agrado... Ela lhe contou que adentrei na boate Love Story?!...
    Juro, pela alma imaculada do Marques de Sade, que não é verdade porque, nunca, jamais, em tempo algum, frequentei este antro de perdição e nem em pensamento estava esperando uma companhia de peso... Esta mexeriqueira mor me paga...
    Caloroso abraço! Saudações santificadas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    PS - O Detetive Pardal não deixa escapar nada...

    ResponderExcluir
  3. Estimado Confare e Ilustre Prof. João Paulo,
    Acredito seriamente em suas palavras, a alma imaculada de Marques Sade é sagrada.
    Esse antro do Love Story, segundo pode apurar o Inspector Pardal, é um local frequentemente usado pela Lambisgoia na caça de orgias. Uma noite nesse antro de perdição a Lambisgoia foi apanhada a ser montada, por detrás do balcão, por um ianque, o copeiro ao ver aquele estrelaio, chamou o patrão e os correu a pontapés, a partir dessa noite nunca mais lá entrou, passando a frequentar a Casa Maluka, A Loca, sita na Rua Freire Caneca e o Beco, sito na Rua da Aurora, veremos até quando não será de lá corrida.
    Abraço cá do Pardal.

    ResponderExcluir
  4. Estimado amigo António Cambeta!
    Fico impressionado com a desenvoltura do Detetive Pardal aqui na banda de cá, porque parece que ele é um paulistano libertino e assíduo frequentador dos "antros de perdição"!
    A lambisgoia da Agrado está apavorada com as investigações do sagaz Detetive Pardal...
    Caloroso abraço! Saudações libertinas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  5. Estimado Confrade e Ilustre Prof. João Paulo,
    O Detective Pardal nas suas missões secretas que efectua assiduamente a S. paulo e não só, tem que forçosamete frequentar esses antros, para poder ficar a par da criminalidade existente.

    Por casualidade tem encontrado a Lambisgoia nesses antros, mas como o Pardal vai disfaçado ela ainda o não reconheceu, e espera que não aconteça.

    A próxima missão terá que ir até Inferno Club sito Na Rua Augusta e depois irá SIGA LA VACA, sita na Rua do Canudo Val e espera não encontrar por lá a Lambisgoia pois de vacas ela não gosta nada, prefer uns vitelozinhos bem jeitosos.
    Entretanto o Inspector Pardal por sua passagem por Paris, esteve no Moulin Rouge onde uma outra tal Lambisgoia se queria atracar mas levou com os pés, tendo o Pardal saindo sim com uma donzela linda, tipo Hermenegilda que lhe encheu as medidas.
    No Egp Di Loreto, sito na Av. Henrique de Leo na esquina da Av, Marginal,ai na sua amada cidade de Diadema, nesse clube nocturno o Inspector Pardal encontrou lá o Godofredo, estava atracada a uma coelhinha, mas nada dirá à copeira do que viu.
    Desta forma o Pardal vai conhecnco todos esses locais e reconhendo informações preciosas em suas investigaçõs.
    Saudações investigadoras, na próxima ida tem em vista em ir a Campo limpo e visitar a Vila Rica rsrsr
    Abraço amigo

    ResponderExcluir
  6. Estimado amigo António Cambeta!
    O Detetive Pardal merece uma polpuda bonificação, porque suas investigações desvelam, sem titubear, os antros de perdição frequentados pela lambisgoia da Agrado!
    Caloroso abraço! Saudações paulistanas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  7. O detetive Pardal está de parabéns, pelas brilhantes investigações que tem feito... É impressionante como ele já conhece os antros de São Paulo e algumas de suas famosas casas noturnas, que fervilham no centro da cidade..
    Já há muito tempo não ando por aquelas paragens, principalmente a noite, pois a insegurança é muito grande..
    Quanto à lambisgóia da Agrado, esta anda por todo lado e se encontrar o Pardal a chilrear ali, será um pega para capar..Todo cuidado é pouco.
    Acabei me divertindo com essa história..
    .

    ResponderExcluir
  8. Cara amiga Cristina Fonseca!
    Você viu?!... Parece que o nosso sempre atuante Detetive Pardal é um paulistano da gema!
    Caloroso abraço! Saudações inquiridoras!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  9. Estimado Confrade e Ilustre Prof. João Paulo,
    O Inspector Pardal anda por todo o lado, a nossa estimada Amiga Cristina ficou admirada, mas ele é assim, não existe buraco que lhe escape, não será um paulista de gema mas sim de clara, e é às claras e sobre o escuridão da noite que vai percorrendo a bela cidade de S. Paulo.
    O Pardal é do género do 008 e sempre onipresente está.
    Obrigado à Amiga Cristina pelos parabéns, o Pardal informa para se estar a par do que se passa na sociedade que nos rodeia, é nesses antros que se sabe de tudo, tal Lambisgoia de língua de víbora sempre pronta a atacar.
    Abraço amigo

    ResponderExcluir
  10. Estimado amigo António Cambeta!
    Não me canso de agradecer os valiosos préstimos investigativos do Detetive Pardal, que embarca diariamente neste vagão do Expresso do Oriente e desvela, sem titubear, a publicação em foco!
    Caloroso abraço! Saudações agradecidas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir

Google+ Badge