O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Restauração e colorização de fotografias.

Restauração e colorização de fotografias.
Caros amigos sem véus e com véus. Com muito gozo divulgo os valiosos préstimos profissionais do meu estimado amigo Reinaldo Elias, que tornou-se um tarimbado especialista em restauração e colorização de fotografias. Pelo criterioso trabalho, que envolve pesquisa e arte os preços cobrados pela restauração e colorização são módicos. Para solicitarem os valiosos préstimos profissionais entrem em contato com o meu querido amigo através do endereço eletrônico: rjelias200@yahoo.com.br Meus outonais olhos estão em água ao lembrar do já distante ano de 1962, quando minha amada e saudosa mãe me levou a uma filial das Casas Pirani, que ficava na Avenida Celso Garcia, para que seu bebezinho nº 6 fosse eternizado nesta fotografia. Embarcamos num trem de subúrbio, um reluzente trem prateado, na Estação de Santo André e desembarcamos na Estação paulistana do Brás. Lembro como se fosse hoje que levei um beliscão da minha genitora, porque eu queria a todo custo embarcar num bonde para chegar as Casas Pirani. Como eram poucas quadras de distância fomos caminhando até o paraíso do consumo. Saudades das Casas Pirani... Ontem, contei ao meu dileto amigo Gilberto Calixto Rios da minha frustração de nunca ter embarcado num bonde paulistano, que para o meu profundo desencanto teve a última linha desativada no ano de 1968, quando estávamos no auge dos nefastos e malditos anos de chumbo. No ano que fui eternizado nesta fotografia fazia sucesso estrondoso na fascinante Arte das Imagens em Movimento a película "Rome Adventure", aqui intitulada "Candelabro Italiano": https://www.youtube.com/watch?v=yLqfxLPga2E que assisti no extinto Cine Carlos Gomes, na condição de vela zeloso das minhas amadas irmãs mais velhas, a Dirce Zaqueu, Jô Oliveira e Maria Inês. Também no ano de 1962 minha diletíssima e saudosa cantora Maysa (1936-1977) deixava sua legião de fãs enternecida com a canção: https://www.youtube.com/watch?v=BeJHOAbkJcg Mãe, sempre te amei, amo e amarei. Saudades... Saudades... Saudades... Caloroso abraço. Saudações emocionadas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo. PS - Apesar dos pesares acho que continuo um petiz sonhador e esperançoso de um novo dia aos moldes da inesquecível personagem Scarlett O' Hara... Max, traga meus sais centuplicado.

Miniconto

Miniconto
Depois que minha neta me eternizou nesta fotografia o telefone tocou. Ao atender a ligação fiquei aterrorizado ao reconhecer a voz de Hades...

Mimo da Monika

Mimo da Monika
O que nos espera na próxima estação?

A viagem continua

A viagem continua
O quie nos espera na próxima estação?

Lambisgoia da Agrado

Lambisgoia da Agrado
Caros confrades/passageiros sem véus e com véus. A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, me surpreendeu porque não a vi trepar (nem preciso dizer que ela adora o outro significado deste verbo principalmente no presente do indicativo) no topo da locomotiva para se exibir e me ofuscar. Caloroso abraço. Saudações exibidas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços e com muita imaginação.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br
Caros confrades passageiros. O pertinaz duende Himineu, que trabalha - com muito afinco para o Todesca - captou e eternizou o momento que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, estava reflexiva a apreciar a paisagem no vagão restaurante do Expresso do Oriente sob meu comando. Caloroso braço. Saudações reflexivas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r
Todos a bordo... A viagem continua...

Blogs todeschinianos

Blogs todeschinianos
Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br "Sonhei que o vagão joaopauloinquiridor.blogspot.com havia caído de uma ponte que ruíra... Mas, foi só um pesadelo..." Caros confrades/passageiros! Não me canso de divulgar os imperdíveis blogs do Todesca: arqtodesca.blogspot.com.br arqtodescadois.blogspot.com.br que são Oásis num deserto de alienação cibernética. É louvável a pertinácia deste notável, tarimbado e erudito ser vivente, que brinda seus felizardos leitores com ecléticas publicações que deixam patente sua vasta erudição e bem viver. Caloroso abraço. Saudações todeschinianas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Continuo a espera de Godot...

Continuo a espera de Godot...
Saudações dionísicas.

Saudações leitoras.

Saudações leitoras.

Seguidores

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Cena inesquecível da película "River of No Return" entre nós "O Rio das Almas Perdidas"





Caros(as) confrades!
Dedico esta inesquecível cena final da película ""The River of no Return" entre nós "O Rio das Almas Perdidas", ao meu estimado confrade Sérgio Todeschini Alves, que comanda com destemor e erudição dois imperdíveis vagões do Expresso do Oriente:
http://arqtodesca.blogspot.com/
http://arqtodescadois.blogspot.com/

7 comentários:

  1. Estimado Confrade e Ilustre Prof. João Paulo,
    O Rio sem Retorno, filme este que vi por algumas vezes, e até fiquei convencido que a morte de Marilyn Monroe, tivesse acontecido quando Robert Kenedy embateu com a sua viatura numa ponte tendo a actriz sido projetada para o rio, mas segundo informações posteriores ela foi encontrada morte em casa. Deixa muito que pensar.

    Marilyn Monroe, nome artístico de Norma Jeane Mortensen, (Los Angeles, 1 de junho de 1926 — Los Angeles, 5 de agosto de 1962) foi uma das mais célebres atrizes norte-americanas.

    É uma das mais famosas estrelas de cinema de todos os tempos, um símbolo de sensualidade e um ícone de popularidade no século XX.

    Há suspeitas fortíssimas de que Marilyn foi sufocada até a morte pela máfia, um grupo terrorista que assassina pessoas.

    ENFIM, A VERDADE SOBRE A MORTE

    Naquela tarde Robert e Marilyn discutiram muito, brigaram, pois Robert que havia prometido se casar com ela de repente diz que tudo está acabado...
    A CENA DO CRIME

    Nenhum dois dois médicos falou uma palavra sequer, um deles (Dr. Greenson) apenas apontou para a mesinha de cabeceira, a qual continha 15 vidros de remédios, sendo que um deles estava destampado, tombado e vazio. Esse gesto do Dr. Greenson significava que Marilyn tinha tomado todos os comprimidos do vidro que estava vazio.

    Se você ainda não está convencido, vai aí mais alguns detalhes: Clemmons ao examinar o corpo percebeu que este estava já bastante rígido e apresentando uma coloração característica de um cadáver que há muitas horas estivesse morto. A superfície dorsal do corpo dela (lado das costas) estava bem mais escura que a supefície ventral (lado da barriga), isto significa que ela manteve-se durante muitas de barriga para cima e não de barriga para baixo como foi "encontrada". Segundo ele e segundo à própria ciência, se uma pessoa morta permanece deitada de barriga para cima, o sangue desce (concentra-se na parte mas baixa do corpo) devido a gravidade, concentrando-se na parte das costas. Mais tarde, os agentes funerários confirmaram a suspeita de Clemmons. Segundo eles, a morte ocorreu por volta das 8:30h da noite de 04/08, e não por volta da meia noite como afirmou a governanta.


    Ainda se não bastasse, em plena madrugada a máquina de lavar e a secadora estavam ligadas e a governanta Murray andava de um lado para outro carregando caixas de papelão e levando-as até o carro. Aquela não era hora de "arrumar" a casa e muito menos lavar e secar roupas. Era evidente que a governanta estava escondendo alguns objetos e dando fim em provas de suma importância. Vinte anos depois do crime, Otash, um subordinado de Peter Lawford, ator e amigo íntimo de Marilyn, testemunhou dizendo que naquela noite havia recebido um telefonema de Lawford pedindo para que ele fizesse uma "limpeza" na casa da atriz para que fosse destruído qualquer objeto ou coisa suspeita que estivesse lá. Otash disse que não poderia se expor indo até a casa, mas nada o impedia de pedir a governanta que fizesse o serviço.

    Antes de prosseguir queria dizer que TODOS que estavam na casa omitiram muitos fatos e detalhes, mentiram em seus testemunhos. Tempo depois descobriu-se que a governanta era uma amiga de "longa data" do psiquiatra de Marilyn. Peter Lawford era cunhado dos Kennedy, a assessora de Marilyn era também muito chegada à família do psiquiatra. Entre outros fatos chegamos a conclusão de que Marilyn estava "cercada" por funcionários e amigos que no fundo apenas vigiavam ela de uma forma ou de outra.
    Até hoje ninguem revelou ainda como aconteceu a morte de Marilyn Monroe.

    E assim de uma forma bem enigmática se perdeu a actriz mais sex do cinema americano e não só.

    O estimado confrade Sérgio Todeschini Alves devreas ficar espantado ao saber destas notícias, mas é assim, mas ainda havia muito para dizer, mas já chega.
    Abraço amigo cá deste investigador e criminalogista que embora aposentado ainda tem esse bichinho no sangue.
    Saudações investigadoras.

    ResponderExcluir
  2. Em vez de devreas, desse ler-se, deverá.
    Abraço amigo

    ResponderExcluir
  3. Estimado confrade e amigo António Cambeta!
    Já que você cumpre com primor voluntariamente a tarefa de relatar circunstancialmente sobre o tema em foco com muita satisfação lhe delego esta atribuição, porque você é assecla supimpa do notável Hercule Poirot!!!
    Caloroso abraço! Saudações herculepoirotianas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  4. Marylin no pico da sensualidade, caro Prof. João Paulo Oliveira.
    Um abraço e vamos continuando a recordar excelentes películas

    ResponderExcluir
  5. Caro confrade Pedro Coimbra!
    Seu pedido é uma ordem que atenderei sem titubear!
    Caloroso abraço! Saudações cinéfilas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  6. "O Amor é um viajante num rio sem regresso"
    Esta ficou :)
    Gostei muito, nunca vi nenhum filme da Marylin, mas acho que vou acatar este como sugestão.

    Obrigado e um bom fim de semana*

    ResponderExcluir
  7. Cara confrade Catarina!
    Tenho certeza que você ficará encantada com as intepretações da inesquecível atriz Marilyn Monroe na fascinante Arte das Imagens em Movimento!
    Calaoroso abraço! Saudações marilynianas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir

Google+ Badge