O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Restauração e colorização de fotografias.

Restauração e colorização de fotografias.
Caros amigos sem véus e com véus. Com muito gozo divulgo os valiosos préstimos profissionais do meu estimado amigo Reinaldo Elias, que tornou-se um tarimbado especialista em restauração e colorização de fotografias. Pelo criterioso trabalho, que envolve pesquisa e arte os preços cobrados pela restauração e colorização são módicos. Para solicitarem os valiosos préstimos profissionais entrem em contato com o meu querido amigo através do endereço eletrônico: rjelias200@yahoo.com.br Meus outonais olhos estão em água ao lembrar do já distante ano de 1962, quando minha amada e saudosa mãe me levou a uma filial das Casas Pirani, que ficava na Avenida Celso Garcia, para que seu bebezinho nº 6 fosse eternizado nesta fotografia. Embarcamos num trem de subúrbio, um reluzente trem prateado, na Estação de Santo André e desembarcamos na Estação paulistana do Brás. Lembro como se fosse hoje que levei um beliscão da minha genitora, porque eu queria a todo custo embarcar num bonde para chegar as Casas Pirani. Como eram poucas quadras de distância fomos caminhando até o paraíso do consumo. Saudades das Casas Pirani... Ontem, contei ao meu dileto amigo Gilberto Calixto Rios da minha frustração de nunca ter embarcado num bonde paulistano, que para o meu profundo desencanto teve a última linha desativada no ano de 1968, quando estávamos no auge dos nefastos e malditos anos de chumbo. No ano que fui eternizado nesta fotografia fazia sucesso estrondoso na fascinante Arte das Imagens em Movimento a película "Rome Adventure", aqui intitulada "Candelabro Italiano": https://www.youtube.com/watch?v=yLqfxLPga2E que assisti no extinto Cine Carlos Gomes, na condição de vela zeloso das minhas amadas irmãs mais velhas, a Dirce Zaqueu, Jô Oliveira e Maria Inês. Também no ano de 1962 minha diletíssima e saudosa cantora Maysa (1936-1977) deixava sua legião de fãs enternecida com a canção: https://www.youtube.com/watch?v=BeJHOAbkJcg Mãe, sempre te amei, amo e amarei. Saudades... Saudades... Saudades... Caloroso abraço. Saudações emocionadas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo. PS - Apesar dos pesares acho que continuo um petiz sonhador e esperançoso de um novo dia aos moldes da inesquecível personagem Scarlett O' Hara... Max, traga meus sais centuplicado.

Miniconto

Miniconto
Depois que minha neta me eternizou nesta fotografia o telefone tocou. Ao atender a ligação fiquei aterrorizado ao reconhecer a voz de Hades...

Mimo da Monika

Mimo da Monika
O que nos espera na próxima estação?

A viagem continua

A viagem continua
O quie nos espera na próxima estação?

Lambisgoia da Agrado

Lambisgoia da Agrado
Caros confrades/passageiros sem véus e com véus. A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, me surpreendeu porque não a vi trepar (nem preciso dizer que ela adora o outro significado deste verbo principalmente no presente do indicativo) no topo da locomotiva para se exibir e me ofuscar. Caloroso abraço. Saudações exibidas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços e com muita imaginação.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br
Caros confrades passageiros. O pertinaz duende Himineu, que trabalha - com muito afinco para o Todesca - captou e eternizou o momento que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, estava reflexiva a apreciar a paisagem no vagão restaurante do Expresso do Oriente sob meu comando. Caloroso braço. Saudações reflexivas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r
Todos a bordo... A viagem continua...

Blogs todeschinianos

Blogs todeschinianos
Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br "Sonhei que o vagão joaopauloinquiridor.blogspot.com havia caído de uma ponte que ruíra... Mas, foi só um pesadelo..." Caros confrades/passageiros! Não me canso de divulgar os imperdíveis blogs do Todesca: arqtodesca.blogspot.com.br arqtodescadois.blogspot.com.br que são Oásis num deserto de alienação cibernética. É louvável a pertinácia deste notável, tarimbado e erudito ser vivente, que brinda seus felizardos leitores com ecléticas publicações que deixam patente sua vasta erudição e bem viver. Caloroso abraço. Saudações todeschinianas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Continuo a espera de Godot...

Continuo a espera de Godot...
Saudações dionísicas.

Saudações leitoras.

Saudações leitoras.

Seguidores

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

"In Nacht und Eis" - "Na Noite e no Gelo" - película alemã de 1912

 
Caros confrades/passageiros!
Encontrei a preciosíssima película alemã de 1912 "In Nacht und Eis" aqui intitulada "Na Noite e no Gelo", que foi a primeira versão, para a Fascinante Arte das Imagens em Movimento, do naufrágio do navio Titanic! 
Até o ano de 1998 esta película era considerada perdida, mas foi encontrada no acervo de um colecionador!
Daqui a pouco o sempre atuante Detetive Pardal brindar-nos-á com um relato pormenorizado a respeito desta imperdível película!
Peço minhas escusas ao meu amigo Pedro Coimbra, que não aprecia películas do tempo eram silenciosas.
Preparem para "voltar no tempo", mais precisamente no já longínquo ano de 1912!
LUZES! CÂMERAS! AÇÃO!

6 comentários:

  1. Estimado Confrade e Ilustre Prof. João Paulo,
    O Inspector Pardal que esteve lidado às lides marítimas durante muitos anos é um apaixonado pelas causas marítimas.

    O primeiro filme sobre o naufágio do Titanic, sob o título SALVA DO TITANIC,cujas gravações começaram poucos dias após a tragédia e duraram apenas uma semana, o filme estreou-se a 14 de maio de 1912, apenas 29 dias depois do naufágio.
    O Inspector Pardal é possuidor de vãrios livros sobre o Titanic e igualmente tem uma réplica desse que foi, para a época, o maior navio do mundo.

    O filme Na Noite e no Gelo foi o segundo filme a ser realizado sobre o Titanic.

    In Nacht und Eis (tradução literal em português: Na Noite e no Gelo) é um filme alemão de 1912, dirigido por Mime Misu, sobre o naufrágio do Titanic. As filmagens começaram durante o Verão de 1912 e estreou no Inverno do mesmo ano. Os efeitos especiais são primitivos comparados aos filmes de hoje, mas eram bastante impressionantes para a altura em que foi realizado. No filme, um pequeno Titanic de brinquedo bate contra um bloco de gelo num pequeno lago e afunda. A produção contém alguma ficção à volta do naufrágio, como fogo saindo das chaminés, passageiros cantando hinos e caldeiras explodindo devido à pressão.

    Foi produzido pelos Estúdios Continental Films, de Berlim e, apesar de maior parte do filme ter sido filmado em estúdios e terrenos existentes nas traseiras do edifício de estúdios, alguma parte foi gravada em Hamburgo e outra foi possívelmente gravada a bordo do paquete alemão Kaiserin Auguste Victoria. O Departamento de Bombeiros de Berlim forneceu água para as cenas do naufrágio. Com uma duração de 35 minutos, In Nacht und Eis era três vezes mais longo do que a maior parte dos filmes de 1912.

    Por volta de 1914, o filme foi considerado perdido para todo o sempre, como muitos filmes mudos daquela altura. Então, em 1998, um colecionador alemão apercebeu-se de que o filme se encontrava na sua coleção privada. Várias cenas podem ser vistas no documentário Beyond Titanic

    Em meados de 1914 o filme desapareceu, foi pensado que se havia perdido para sempre. Então em 1998, um colecionador alemão de filmes, realizou um leilão confidencial de sua coleção particular; para a surpresa geral, havia um exemplar desse filme. Algumas cenas podem ser vistas no documentário Beyond Titanic, exibido pelo Canal Discovery Channel.

    Abraço amigo, saudações nautícas

    ResponderExcluir
  2. Realmente, cinema mudo, não faz mesmo o meu género Amigo João Paulo de Oliveira :(
    Grande abraço!!

    ResponderExcluir
  3. Um "documento" valiosíssimo para a história do cinema e não só !
    Hoje em dia fazer um filme, seja ele de que tipo for, torna-se mais ou menos corriqueiro, tal a disponibilidade de meios que nos transmitem a ilusão disto ou daquilo, como sendo real !
    Naquele tempo isso não existiria. Imagino as dificuldade passadas por todos aqueles técnicos das filmagens para nos transmitir essas realidades sem outros meios auxiliares !

    Abraço !
    .

    ResponderExcluir
  4. Caro amigo António Cambeta!
    Quando estava preparando esta publicação sabia que a apreciaria por conta do seu fascínio pelo navio Titanic!
    Agradeço sua preciosa colaboração!
    Caloroso abraço! Saudações titanicianas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  5. Caro amigo Pedro Coimbra!
    Mesmo sabendo que não aprecia filme silencioso agradeço sua gentileza em deixar comentário no livro de bordo deste vagão do Expresso do Oriente, que tem a prerrogativa de tê-lo como passageiro assíduo!
    Caloroso abraço! Saudações navegantes!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  6. Caro amigo Rui da Bica!
    Estou de pleno acordo com seu pertinente comentário!
    Caloroso abraço! Saudações cinematográficas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir

Google+ Badge