O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Restauração e colorização de fotografias.

Restauração e colorização de fotografias.
Caros amigos sem véus e com véus. Com muito gozo divulgo os valiosos préstimos profissionais do meu estimado amigo Reinaldo Elias, que tornou-se um tarimbado especialista em restauração e colorização de fotografias. Pelo criterioso trabalho, que envolve pesquisa e arte os preços cobrados pela restauração e colorização são módicos. Para solicitarem os valiosos préstimos profissionais entrem em contato com o meu querido amigo através do endereço eletrônico: rjelias200@yahoo.com.br Meus outonais olhos estão em água ao lembrar do já distante ano de 1962, quando minha amada e saudosa mãe me levou a uma filial das Casas Pirani, que ficava na Avenida Celso Garcia, para que seu bebezinho nº 6 fosse eternizado nesta fotografia. Embarcamos num trem de subúrbio, um reluzente trem prateado, na Estação de Santo André e desembarcamos na Estação paulistana do Brás. Lembro como se fosse hoje que levei um beliscão da minha genitora, porque eu queria a todo custo embarcar num bonde para chegar as Casas Pirani. Como eram poucas quadras de distância fomos caminhando até o paraíso do consumo. Saudades das Casas Pirani... Ontem, contei ao meu dileto amigo Gilberto Calixto Rios da minha frustração de nunca ter embarcado num bonde paulistano, que para o meu profundo desencanto teve a última linha desativada no ano de 1968, quando estávamos no auge dos nefastos e malditos anos de chumbo. No ano que fui eternizado nesta fotografia fazia sucesso estrondoso na fascinante Arte das Imagens em Movimento a película "Rome Adventure", aqui intitulada "Candelabro Italiano": https://www.youtube.com/watch?v=yLqfxLPga2E que assisti no extinto Cine Carlos Gomes, na condição de vela zeloso das minhas amadas irmãs mais velhas, a Dirce Zaqueu, Jô Oliveira e Maria Inês. Também no ano de 1962 minha diletíssima e saudosa cantora Maysa (1936-1977) deixava sua legião de fãs enternecida com a canção: https://www.youtube.com/watch?v=BeJHOAbkJcg Mãe, sempre te amei, amo e amarei. Saudades... Saudades... Saudades... Caloroso abraço. Saudações emocionadas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo. PS - Apesar dos pesares acho que continuo um petiz sonhador e esperançoso de um novo dia aos moldes da inesquecível personagem Scarlett O' Hara... Max, traga meus sais centuplicado.

Miniconto

Miniconto
Depois que minha neta me eternizou nesta fotografia o telefone tocou. Ao atender a ligação fiquei aterrorizado ao reconhecer a voz de Hades...

Mimo da Monika

Mimo da Monika
O que nos espera na próxima estação?

A viagem continua

A viagem continua
O quie nos espera na próxima estação?

Lambisgoia da Agrado

Lambisgoia da Agrado
Caros confrades/passageiros sem véus e com véus. A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, me surpreendeu porque não a vi trepar (nem preciso dizer que ela adora o outro significado deste verbo principalmente no presente do indicativo) no topo da locomotiva para se exibir e me ofuscar. Caloroso abraço. Saudações exibidas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços e com muita imaginação.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br
Caros confrades passageiros. O pertinaz duende Himineu, que trabalha - com muito afinco para o Todesca - captou e eternizou o momento que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, estava reflexiva a apreciar a paisagem no vagão restaurante do Expresso do Oriente sob meu comando. Caloroso braço. Saudações reflexivas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r
Todos a bordo... A viagem continua...

Blogs todeschinianos

Blogs todeschinianos
Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br "Sonhei que o vagão joaopauloinquiridor.blogspot.com havia caído de uma ponte que ruíra... Mas, foi só um pesadelo..." Caros confrades/passageiros! Não me canso de divulgar os imperdíveis blogs do Todesca: arqtodesca.blogspot.com.br arqtodescadois.blogspot.com.br que são Oásis num deserto de alienação cibernética. É louvável a pertinácia deste notável, tarimbado e erudito ser vivente, que brinda seus felizardos leitores com ecléticas publicações que deixam patente sua vasta erudição e bem viver. Caloroso abraço. Saudações todeschinianas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Continuo a espera de Godot...

Continuo a espera de Godot...
Saudações dionísicas.

Saudações leitoras.

Saudações leitoras.

Seguidores

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Epístolas Paulianas - Conversando com o nobilíssimo Dr. Antônio Ermírio de Moraesn!!!!!...


EPÍSTOLAS PAULIANAS
CONVERSANDO COM O NOTÁVEL DR. ANTÕNIO ERMÍRIO DE MORAES

Diadema, minha amada cidade, 21 de junho de 2010!
Ilmo. Sr.
Dr. Antônio Ermírio de Moraes!
Tomo a liberdade de tornar de domínio público o grande apreço que tenho por Vossa Senhoria, que com o seu dinamismo, vigor, competência, pertinácia, argúcia, honestidade, inteligência, erudição, dedicação plena ao trabalho e obras social, que fazem a diferença na vida dos assistidos, é um modelo supimpa de cidadão exemplar!!!
Ainda não me acostumei ao me deparar com a página nº 2, do prestigioso periódico “Folha de São Paulo”, nas edições de domingo, não tendo mais a prerrogativa de ler suas palpitantes crônicas, que traziam à baila temas cruciantes, que afligem nosso Reino digo República ou os outros países.
Guardo com muito carinho, as missivas que Vossa Senhoria enviou-me, bem como o precioso livro de sua autoria, com uma parte das suas imperdíveis crônicas que gentilmente recebi de mimo, em resposta as cartas, que meus amados regidos de anos anteriores lhe enviaram – relatando – com seus recursos linguísticos, o que aprenderam, como por exemplo, com a leitura que fiz de uma de suas crônicas, que versava sobre o uso parcimônico da água.
Lamentei profundamente ao saber do infausto, que consternou sua honrada família, no ano findo, quando infelizmente ocorreu a morte prematura do seu valoroso filho, o distinto cidadão Mário Ermírio de Moraes, acometido daquela doença, que antigamente não ousávamos pronunciar o nome. Na fatídica ocasião, durante a minha regência, fizemos um minuto de silêncio, emanando muita força para suportarem o doloroso transe.
Fico a divagar a nossa amada Pátria, tendo-o como Mandatário Maior do Poder Executivo no âmbito Federal!!!!!!!!! Certamente seríamos referência no cenário internacional de gestão eficaz, que realmente operacionalizaria ações concretas e não paternalistas, com o escopo de diminuir drasticamente a dramática situação de uma parcela significativa de brasileiros desvalidos!
Na segunda metade da década de 80, quando desempenhei o rol de atribuições atinentes aos então cargo burocrático, que ocupava no extinto Instituto de Previdência do Estado de São Paulo – IPESP, ali na Rua Dr. Bráulio Gomes, ao lado da Biblioteca Mário
de Andrade, eventualmente o via, no horário do almoço, flanando nas imediações do Teatro Municipal (falando no Teatro Municipal certamente Vossa Senhoria se lembra daqueles concorridíssimos Concertos do Meio Dia ou das Vesperais Líricas, que nos deixavam em estado de deleite no horário do almoço e no final da tarde!!!), calmamente e aparentemente sem seguranças. Reiteradas vezes tive o intento de cumprimentá-lo ou melhor ainda conversar com tão eminente cidadão, todavia esta auspiciosa iniciativa ficou no mundo das ideias...
Desejando que esta missiva o encontre absorto no gerenciamento das suas empresas e obras sociais, despeço-me.
Respeitoso abraço! Saudações vigorosas!
Até breve...
João Paulo de Oliveira

Um comentário:

  1. Olá Meninoooooooooooooooooo.
    Olha, assim como você, acho o Antônio Ermírio um homem de verdade,com um coração nobre e sem dúvida uma pessoa honesta, eu gostaria muito de vê-lo ou (ve lo) na Presidência de nosso País,esse eu daria meu voto sem medo,ele mudaria muita coisa errada e vergonhosa, e sem dúvida os pobres seriam vistos com mais dignidade.
    Beijosssssssssssssss.

    ResponderExcluir

Google+ Badge