O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Restauração e colorização de fotografias.

Restauração e colorização de fotografias.
Caros amigos sem véus e com véus. Com muito gozo divulgo os valiosos préstimos profissionais do meu estimado amigo Reinaldo Elias, que tornou-se um tarimbado especialista em restauração e colorização de fotografias. Pelo criterioso trabalho, que envolve pesquisa e arte os preços cobrados pela restauração e colorização são módicos. Para solicitarem os valiosos préstimos profissionais entrem em contato com o meu querido amigo através do endereço eletrônico: rjelias200@yahoo.com.br Meus outonais olhos estão em água ao lembrar do já distante ano de 1962, quando minha amada e saudosa mãe me levou a uma filial das Casas Pirani, que ficava na Avenida Celso Garcia, para que seu bebezinho nº 6 fosse eternizado nesta fotografia. Embarcamos num trem de subúrbio, um reluzente trem prateado, na Estação de Santo André e desembarcamos na Estação paulistana do Brás. Lembro como se fosse hoje que levei um beliscão da minha genitora, porque eu queria a todo custo embarcar num bonde para chegar as Casas Pirani. Como eram poucas quadras de distância fomos caminhando até o paraíso do consumo. Saudades das Casas Pirani... Ontem, contei ao meu dileto amigo Gilberto Calixto Rios da minha frustração de nunca ter embarcado num bonde paulistano, que para o meu profundo desencanto teve a última linha desativada no ano de 1968, quando estávamos no auge dos nefastos e malditos anos de chumbo. No ano que fui eternizado nesta fotografia fazia sucesso estrondoso na fascinante Arte das Imagens em Movimento a película "Rome Adventure", aqui intitulada "Candelabro Italiano": https://www.youtube.com/watch?v=yLqfxLPga2E que assisti no extinto Cine Carlos Gomes, na condição de vela zeloso das minhas amadas irmãs mais velhas, a Dirce Zaqueu, Jô Oliveira e Maria Inês. Também no ano de 1962 minha diletíssima e saudosa cantora Maysa (1936-1977) deixava sua legião de fãs enternecida com a canção: https://www.youtube.com/watch?v=BeJHOAbkJcg Mãe, sempre te amei, amo e amarei. Saudades... Saudades... Saudades... Caloroso abraço. Saudações emocionadas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo. PS - Apesar dos pesares acho que continuo um petiz sonhador e esperançoso de um novo dia aos moldes da inesquecível personagem Scarlett O' Hara... Max, traga meus sais centuplicado.

Miniconto

Miniconto
Depois que minha neta me eternizou nesta fotografia o telefone tocou. Ao atender a ligação fiquei aterrorizado ao reconhecer a voz de Hades...

Mimo da Monika

Mimo da Monika
O que nos espera na próxima estação?

A viagem continua

A viagem continua
O quie nos espera na próxima estação?

Lambisgoia da Agrado

Lambisgoia da Agrado
Caros confrades/passageiros sem véus e com véus. A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, me surpreendeu porque não a vi trepar (nem preciso dizer que ela adora o outro significado deste verbo principalmente no presente do indicativo) no topo da locomotiva para se exibir e me ofuscar. Caloroso abraço. Saudações exibidas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços e com muita imaginação.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br
Caros confrades passageiros. O pertinaz duende Himineu, que trabalha - com muito afinco para o Todesca - captou e eternizou o momento que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, estava reflexiva a apreciar a paisagem no vagão restaurante do Expresso do Oriente sob meu comando. Caloroso braço. Saudações reflexivas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r
Todos a bordo... A viagem continua...

Blogs todeschinianos

Blogs todeschinianos
Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br "Sonhei que o vagão joaopauloinquiridor.blogspot.com havia caído de uma ponte que ruíra... Mas, foi só um pesadelo..." Caros confrades/passageiros! Não me canso de divulgar os imperdíveis blogs do Todesca: arqtodesca.blogspot.com.br arqtodescadois.blogspot.com.br que são Oásis num deserto de alienação cibernética. É louvável a pertinácia deste notável, tarimbado e erudito ser vivente, que brinda seus felizardos leitores com ecléticas publicações que deixam patente sua vasta erudição e bem viver. Caloroso abraço. Saudações todeschinianas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Continuo a espera de Godot...

Continuo a espera de Godot...
Saudações dionísicas.

Saudações leitoras.

Saudações leitoras.

Seguidores

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Epístolas Paulianas - Conversando com Benedito Edmundo de Oliveira


Foto: Penny Parker
Fotomontagem: Cristina Fonseca

EPÍSTOLAS PAULIANAS

CONVERSANDO COM BENEDITO EDMUNDO DE OLIVEIRA

Diadema, minha amada cidade, 18 de novembro de 2010.

Amado irmão!

Por Dionísio, como o tempo urge!!!!... Se você estivesse entre nós completaria, no dia em curso, 68 anos mas, infelizmente, sua existência durou apenas quatro horas...
Espero que esta missiva cibernética o encontre no berçário do Olimpo, agora sob os cuidados intensivos dos nossos amados pais!!!!!!!... Sabe, Edmundo, nosso querido pai sempre se referiu a você com muito carinho, mas a mãe ficava incomodada quando eu perguntava a seu respeito, porque dizia: - Não podemos falar sobre aqueles que deixaram de existir e agora ele é um anjinho, mudando de assunto... Deve ter sido duríssimo para ela suportar o intenso sofrimento de perder o primeiro bebezinho... Creio que este foi um dos motivos pelos quais ela queria sempre que estivéssemos à sua volta... Depois de um ano, um mês e dez dias da sua partida, chegou o segundo bebezinho da mãe, agora o chefe da família, porque o pai e a mãe estão aí, zelando por você... Ai, que inveja!!!!!
Quereria ser um “cavalinho de circo” para ver, se você não tivesse deixado de existir, como seria seu relacionamento, com o nosso amado irmão, que chegou depois de você!!!!!...
Fico a divagar como seria seu modo de vida na contemporaneidade... Será que:
- teria numerosa prole?!...
- seria viúvo?!...
- seria solteiro?!...
- desquitou e casou novamente?!...
- foi torturado nos anos de chumbo?!...
- seria cinéfilo?!...
- também cultuaria as inesquecíveis atrizes Cacilda Becker e Gene Tierney?!...
- seria aposentado em qual ofício?!...
- apreciaria ostras e caracóis concomitantemente ou somente ostras ou somente caracóis?
- seria um beato zeloso?!... (O Senhor esteja convosco!!!!...)
- seria um padre?!... (Pobrezinho...)
- seria um político?!... (Certamente com o perfil dos saudosos Franco Montoro e Mário Covas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!...)
- seria espírita?!... (Ché...)
- seria evangélico?!... (Max!!!!!...Traga meus sais centuplicado!!!!...)
- seria incrédulo?!... (Por Dionísio eu tenho a quem puxar!!!!!...)
- seria um irmão amoroso?!... (Ulalaaaaaaaaaaaaaaá!!!!...)
- teria me protegido dos meninos malvados, quando eu era pequenino?!...
- teria venerado os Beatles e os Rolling Stones?!...
- teria dançado chá-chá-chá e twist?!...
- teria superado o zelo exacerbado da mãe?!...
- seria o queridinho do pai e da mãe?!...
- seria ciumento como este seu penúltimo irmão?!...
Ah, Edmundo, nunca, jamais, em tempo algum, terei respostas para minhas inquirições...
Nunca o vi, sempre o amei e o amarei sempre!!!!!!!!!!!!!!!!...
Afetuosíssimo e calorosíssimo abraço deste seu irmãozinho que nunca o esquece e o ama!!!!!!!!!!!!!!!!!!...
Até breve...
João Paulo de Oliveira

PS - Você é um felizardo, porque pode ser acalentado pelo pai e a mãe!!!!!...
Sempre visito o jazigo, onde repousam seus despojos mortais lá no Sepulcrário da nossa família, na Vila Euclides, em São Bernardo do Campo-SP... (apesar de ter ciência de que, provavelmente, não resta mais nenhum vestígio da sua curtíssima existência...).

8 comentários:

  1. Caro professor.
    Essa carta é tocante e tenho certeza que também tocou o seu irmãozinho, mais um anjinho que engrossa as falanges do Pai Celestial e que lá do alto, zela por vc e seus familiares aqui na Terra.
    Quanto às perguntas, um dia vc terá as respostas.
    Acredite se quiser!!
    Afetuoso abraço.

    ResponderExcluir
  2. Cara Cristina Fonseca!
    A única certeza absoluta que tenho é que sei que nada sei!!!!...
    Caloroso abraço! Saudações filosóficas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  3. Prezado amigo!

    O seu irmãozinho Benedito Edmundo deve ser amiguinho de minha cara irmã Maria Amábile, a primogênita de meus pais que, infelizmente, viveu somente um dia, após parto muito demorado, por inépcia médica.

    Sempre lamentamos por nossos maninhos que não sobreviveram para compartilhar conosco as belezas e as agruras da vida! Devem estar em lugar melhor. O berçário do Olimpo me parece um oásis de paz e harmonia, então, nos quedemos, tranquilos...

    Saudações angelicais!

    Sua amiga,

    Nivia

    ResponderExcluir
  4. Cara amiga Nivia!
    Suas acalentadoras palavras deixaram-me enternecido!
    Que a deusa da Justiça e da Sabedoria a tenha como pupila sempre!
    Caloroso abraço! Saudações Olimpianas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  5. Olá Meninooooooooooooooooo...
    Lendo seu relato, me coloquei a chorar, que pena,não pode desfrutar da companhia de seu irmão, mas tenha certeza que ele está em um ótimo lugar,contemplando sua existência,acredito que um dia (espero que demore muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiito) você terá todas as indagações respondidas.
    Beijossssssssssssssssssssss.

    ResponderExcluir
  6. Olá Menina Cris, como vai?
    Talentosa como sempre, amo suas ilustrações, você é uma grande artista.
    Beijossssssssssss.

    ResponderExcluir
  7. Querido Professor...
    Como seria seu querido e amado irmão não sei, mas tenho certeza que seria muito feliz, tendo a alegria de ter um irmão como você.
    Beijosssss.

    ResponderExcluir
  8. Cara amiga Ana Célia de Freitas!
    Agradeço suas gentis e alentadoras palavras!
    Caloroso abraço! Saudações fraternais!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir

Google+ Badge