O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Restauração e colorização de fotografias.

Restauração e colorização de fotografias.
Caros amigos sem véus e com véus. Com muito gozo divulgo os valiosos préstimos profissionais do meu estimado amigo Reinaldo Elias, que tornou-se um tarimbado especialista em restauração e colorização de fotografias. Pelo criterioso trabalho, que envolve pesquisa e arte os preços cobrados pela restauração e colorização são módicos. Para solicitarem os valiosos préstimos profissionais entrem em contato com o meu querido amigo através do endereço eletrônico: rjelias200@yahoo.com.br Meus outonais olhos estão em água ao lembrar do já distante ano de 1962, quando minha amada e saudosa mãe me levou a uma filial das Casas Pirani, que ficava na Avenida Celso Garcia, para que seu bebezinho nº 6 fosse eternizado nesta fotografia. Embarcamos num trem de subúrbio, um reluzente trem prateado, na Estação de Santo André e desembarcamos na Estação paulistana do Brás. Lembro como se fosse hoje que levei um beliscão da minha genitora, porque eu queria a todo custo embarcar num bonde para chegar as Casas Pirani. Como eram poucas quadras de distância fomos caminhando até o paraíso do consumo. Saudades das Casas Pirani... Ontem, contei ao meu dileto amigo Gilberto Calixto Rios da minha frustração de nunca ter embarcado num bonde paulistano, que para o meu profundo desencanto teve a última linha desativada no ano de 1968, quando estávamos no auge dos nefastos e malditos anos de chumbo. No ano que fui eternizado nesta fotografia fazia sucesso estrondoso na fascinante Arte das Imagens em Movimento a película "Rome Adventure", aqui intitulada "Candelabro Italiano": https://www.youtube.com/watch?v=yLqfxLPga2E que assisti no extinto Cine Carlos Gomes, na condição de vela zeloso das minhas amadas irmãs mais velhas, a Dirce Zaqueu, Jô Oliveira e Maria Inês. Também no ano de 1962 minha diletíssima e saudosa cantora Maysa (1936-1977) deixava sua legião de fãs enternecida com a canção: https://www.youtube.com/watch?v=BeJHOAbkJcg Mãe, sempre te amei, amo e amarei. Saudades... Saudades... Saudades... Caloroso abraço. Saudações emocionadas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo. PS - Apesar dos pesares acho que continuo um petiz sonhador e esperançoso de um novo dia aos moldes da inesquecível personagem Scarlett O' Hara... Max, traga meus sais centuplicado.

Miniconto

Miniconto
Depois que minha neta me eternizou nesta fotografia o telefone tocou. Ao atender a ligação fiquei aterrorizado ao reconhecer a voz de Hades...

Mimo da Monika

Mimo da Monika
O que nos espera na próxima estação?

A viagem continua

A viagem continua
O quie nos espera na próxima estação?

Lambisgoia da Agrado

Lambisgoia da Agrado
Caros confrades/passageiros sem véus e com véus. A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, me surpreendeu porque não a vi trepar (nem preciso dizer que ela adora o outro significado deste verbo principalmente no presente do indicativo) no topo da locomotiva para se exibir e me ofuscar. Caloroso abraço. Saudações exibidas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços e com muita imaginação.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br
Caros confrades passageiros. O pertinaz duende Himineu, que trabalha - com muito afinco para o Todesca - captou e eternizou o momento que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, estava reflexiva a apreciar a paisagem no vagão restaurante do Expresso do Oriente sob meu comando. Caloroso braço. Saudações reflexivas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r
Todos a bordo... A viagem continua...

Blogs todeschinianos

Blogs todeschinianos
Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br "Sonhei que o vagão joaopauloinquiridor.blogspot.com havia caído de uma ponte que ruíra... Mas, foi só um pesadelo..." Caros confrades/passageiros! Não me canso de divulgar os imperdíveis blogs do Todesca: arqtodesca.blogspot.com.br arqtodescadois.blogspot.com.br que são Oásis num deserto de alienação cibernética. É louvável a pertinácia deste notável, tarimbado e erudito ser vivente, que brinda seus felizardos leitores com ecléticas publicações que deixam patente sua vasta erudição e bem viver. Caloroso abraço. Saudações todeschinianas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Continuo a espera de Godot...

Continuo a espera de Godot...
Saudações dionísicas.

Saudações leitoras.

Saudações leitoras.

Seguidores

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Laura Hunt

Prezada senhorita Laura Hunt:
Atrevo-me a enviar-lhe esta missiva, porque a senhorita cometerá um equívoco lamentável se resolver viver ao lado do insulso detetive Mark McPherson, porque como lhe disse anteriormente, sua vida com ele não será nada glamorosa. Ele deseja uma prole numerosa e seus parcos recursos pecuniários de zeloso homem da Lei, nem de longe atenderá suas necessidades de uma vida requintada. Soube de fontes fidedignas, que ele alugou um apartamento num edífício em estado precaríssimo de conservação lá no Brooklin. Pense bem, senhorita Laura Hunt, será que deseja uma vida cercada de fraldas fedorentas, camisas para lavar, engomar e passar, cuecas samba canção, também para lavar e passar, além de suportar a flatulência noturna, ejaculação precoce, chulé exacerbado, hemorroidas e o fato do insulso detetive Mark McPherson tomar somente dois banhos por mês? Tenho alvíssaras para a senhorita, porque acabo de saber que o sofisticadíssimo Waldo Lydecker deixou-lhe em testamento toda sua polpuda fortuna, que inclui o requintadíssimo apartamento, no mesmo edifício de morada da Greta Garbo. Somente em espécie US$30.000.000, sem contar ações aplicadas na Bolsa de Valores de Nova York e outros imóveis em locais valorizadíssimos, nas imediações do Central Park. Mas ele impôs uma condição, para receber sua polpuda herança, a senhorita terá que encontrar um homem vigoroso, culto, arguto, requintado e bem relacionado, igual a ele. Ouso candidatar-me a ser seu consorte, porque atendo todos os requisitos estabelecidos na cláusula testamental. Esqueça este meu desafeto, o insulso detetive, e venha para os meus braços, porque lhe prometo uma vida requintadíssima e nada rotineira. Sou a cópia perfeita do Waldo Lydecker, sem o ciúme doentio que ele nutria por ti. Sua vida ao meu lado será um eterno deleite inefável. Prometo-lhe fornicações constantes, repletas de orgasmos múltiplos.Faremos cruzeiros memoráveis pelo Mar Mediterrâneo, com destino as Ilhas Gregas. Já pensou ver o pôr do Sol, na Ilha de Mikonos, passeando de mãos dadas comigo, pelas belíssimas praias, daquela encantadora Ilha? Os concertos, óperas, museus e vernissagens, que iremos nos espaços culturais mais sofisticados e frequentados, deste maltratado e fascinante mundo que vivemos? Aguardando sôfrego sua afirmativa resposta, despeço-me, enviando-lhe um caloroso e afetuoso abraço.
Seu eterno admirador
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços com muita imaginação e com muito gozo.
Dois dias depois da postagem da missiva, ouço o som da campainha do meu apartamento... Ao abrir a porta me deparo com a encantadora e atraente senhorita Laura Hunt, de braços abertos e um sorriso encantador, que depois de entrar e acomodar-se na sala de estar, diz:
- João Paulo, claro que você será o homem da minha vida, ajudando-me na administração da polpuda herança que receberei, caso consinta contrair núpcias com um homem, que tenha seu perfil. Vamos marcar a data deste auspicioso dia. Antes de sairmos para agilizar os trâmites legais do matrimônio, vamos para os seus aposentos...
Claro que fornicamos, felicíssimos, porque tínhamos a convicção que um futuro glorioso nos aguardava.
Max, traga meus sais centuplicado, diluídos numa xícara de chá de picão. Valha-me Santa Ifigênia dos Caracóis Desesperados. Clamo pelos seus regos digo, rogos, para deixar-me sempre propenso a dar outros vieses para películas, que são referência na filmografia mundial, como por exemplo a película "Laura" de 1944, tornando a premissa: "Celuloide secreto, outro viés" um fato.
LUZES! CÂMERAS! AÇÃO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge