O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Restauração e colorização de fotografias.

Restauração e colorização de fotografias.
Caros amigos sem véus e com véus. Com muito gozo divulgo os valiosos préstimos profissionais do meu estimado amigo Reinaldo Elias, que tornou-se um tarimbado especialista em restauração e colorização de fotografias. Pelo criterioso trabalho, que envolve pesquisa e arte os preços cobrados pela restauração e colorização são módicos. Para solicitarem os valiosos préstimos profissionais entrem em contato com o meu querido amigo através do endereço eletrônico: rjelias200@yahoo.com.br Meus outonais olhos estão em água ao lembrar do já distante ano de 1962, quando minha amada e saudosa mãe me levou a uma filial das Casas Pirani, que ficava na Avenida Celso Garcia, para que seu bebezinho nº 6 fosse eternizado nesta fotografia. Embarcamos num trem de subúrbio, um reluzente trem prateado, na Estação de Santo André e desembarcamos na Estação paulistana do Brás. Lembro como se fosse hoje que levei um beliscão da minha genitora, porque eu queria a todo custo embarcar num bonde para chegar as Casas Pirani. Como eram poucas quadras de distância fomos caminhando até o paraíso do consumo. Saudades das Casas Pirani... Ontem, contei ao meu dileto amigo Gilberto Calixto Rios da minha frustração de nunca ter embarcado num bonde paulistano, que para o meu profundo desencanto teve a última linha desativada no ano de 1968, quando estávamos no auge dos nefastos e malditos anos de chumbo. No ano que fui eternizado nesta fotografia fazia sucesso estrondoso na fascinante Arte das Imagens em Movimento a película "Rome Adventure", aqui intitulada "Candelabro Italiano": https://www.youtube.com/watch?v=yLqfxLPga2E que assisti no extinto Cine Carlos Gomes, na condição de vela zeloso das minhas amadas irmãs mais velhas, a Dirce Zaqueu, Jô Oliveira e Maria Inês. Também no ano de 1962 minha diletíssima e saudosa cantora Maysa (1936-1977) deixava sua legião de fãs enternecida com a canção: https://www.youtube.com/watch?v=BeJHOAbkJcg Mãe, sempre te amei, amo e amarei. Saudades... Saudades... Saudades... Caloroso abraço. Saudações emocionadas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo. PS - Apesar dos pesares acho que continuo um petiz sonhador e esperançoso de um novo dia aos moldes da inesquecível personagem Scarlett O' Hara... Max, traga meus sais centuplicado.

Miniconto

Miniconto
Depois que minha neta me eternizou nesta fotografia o telefone tocou. Ao atender a ligação fiquei aterrorizado ao reconhecer a voz de Hades...

Mimo da Monika

Mimo da Monika
O que nos espera na próxima estação?

A viagem continua

A viagem continua
O quie nos espera na próxima estação?

Lambisgoia da Agrado

Lambisgoia da Agrado
Caros confrades/passageiros sem véus e com véus. A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, me surpreendeu porque não a vi trepar (nem preciso dizer que ela adora o outro significado deste verbo principalmente no presente do indicativo) no topo da locomotiva para se exibir e me ofuscar. Caloroso abraço. Saudações exibidas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços e com muita imaginação.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br
Caros confrades passageiros. O pertinaz duende Himineu, que trabalha - com muito afinco para o Todesca - captou e eternizou o momento que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, estava reflexiva a apreciar a paisagem no vagão restaurante do Expresso do Oriente sob meu comando. Caloroso braço. Saudações reflexivas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r
Todos a bordo... A viagem continua...

Blogs todeschinianos

Blogs todeschinianos
Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br "Sonhei que o vagão joaopauloinquiridor.blogspot.com havia caído de uma ponte que ruíra... Mas, foi só um pesadelo..." Caros confrades/passageiros! Não me canso de divulgar os imperdíveis blogs do Todesca: arqtodesca.blogspot.com.br arqtodescadois.blogspot.com.br que são Oásis num deserto de alienação cibernética. É louvável a pertinácia deste notável, tarimbado e erudito ser vivente, que brinda seus felizardos leitores com ecléticas publicações que deixam patente sua vasta erudição e bem viver. Caloroso abraço. Saudações todeschinianas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Continuo a espera de Godot...

Continuo a espera de Godot...
Saudações dionísicas.

Saudações leitoras.

Saudações leitoras.

Seguidores

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Visitação ao Sepulcrário de Vila Euclides no Dia de Finados


Caros confrades/passageiros sem véus e com véus.

O dia em curso foi memorável e memorialista, porque fui com a minha amada esposa, a Alice, visitar os jazigos de nossa família, localizados no Sepulcrário de Vila Euclides, que fica na cidade vizinha "batateira", digo, de São Bernardo do Campo.

Decidimos ir de troleibus para evitar dificuldades de estacionamento nas imediações do "campo santo", como dizia minha saudosa mãe, a Sra. Matilde Pinheiro de Oliveira (1923-2008).

Saimos da nossa morada por volta das 11h15 e pretendíamos estar de volta, ao aconchego do nosso lar, até no máximo às 13h30. Isto posto, não almoçamos antes de sair. 

Quando adentramos no recinto sepulcral fomos calorosamente recebidos pelos nossos amigos Iran Miudinho, Iris Oliveira Da Silva Souza, Danilo Ricardo Oliveira, Jose Rodrigues De Souza, Clodomir SantosJoão Antonio Dos Santos, que são zelosos, tarimbados e eficientes funcionários, que atendem com urbanidade, respeito e celeridade os familiares dos defuntos.

Ficou muito imponente a homenagem que o Iran fez para o seu saudoso genitor, o meu saudoso amigo, Sr.José Maria.

Depois da calorosa recepção começamos o flâner sepulcral. Visita daqui, visita dali eis que de repente me deparo com dois senhores outonais em frente do requintado Mausoléu da ilustre familía "batateira" dos Romanos. Como o Mausoléu foi um dos que sofreram a ação deletéria e ilicíta dos asseclas dos irmãos Metralhas, orientei o Sr. João (soube o nome depois) a registrar Boletim de Ocorrência. O Sr. João mantinha um animado colóquio com um senhor, que para meu grande gozo descobri que somos primos distantes (minha tia bisavó materna, a Sra. Isabel Monteiro era sua bisavó paterna.

Minha saudosa avó materna, a Sra. Belmira Pedroso (1900-1985), sempre falava da sua tia Isabel, que era casada com o Sr. Juca Escudeiro, um "batateiro", muito conceituado na Vila, mas muito excêntrico, porque costumava alugar um vagão inteiro de um trem da extinta São Paul Raylway para ir e voltar de Santos sozinho, bem como gostava de fazer cigarro de palha enrolado numa cédula, somente para se exibir. Os beatos zelosos, do seu tempo de vivência, diziam que ele tinha pacto com o diabo, porque era Maçon. A história do trem e da cédula consta do livro da lavra do meu saudoso e querido amigo Wanderley dos Santos (1951-1996), Antecedentes Históricos do ABC Paulista,editado pela municipalidade são-bernardense. Finalmente conheci um Escudeiro, o Olívio Escueiro, que é arquiteto aposentado da Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo.

Também encontramos as minhas primas distante Dirce e Nair. A Nair não quis ser retratada...

Fiquei em estado de deleite inefável com o agradável colóquio memorialista que mantivemos, bem como emocionado e meus outonais olhos ficaram em água quando ele dizia - com entusiasmo - o grande apreço que tinha e tem por meus entes queridos, das famílias Monteiro de Oliveira e Pedroso de Oliveira. Graças a ele descobri mais três jazigos da minha família, um deles em estado de abandono, e fizemos a "via sacra" em todos. Com o acréscimo dos jazigos que desconhecia, sei agora que os despojos mortais dos meus ascendentes estão depositados em 21 jazigos. Agora sim, que meu querido amigo/irmão temporão Jorge Magyar, dirá em alto e bom som que sou latifundiário sepulcral. Também descobri que o Olívio Escudeiro é amigo do Jorge Jacobine e residem no mesmo condomínio. 

Em nome de gerenciador mor do Centro de Documentação e Pesquisa vinculado a Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Bernardo do Campo, convidei meu primo distante para ser um dos felizardos partícipes da Roda Conversas de Memórias que ocorre sempre nas últimas quartas-feiras do mês, das 14h00 às 16h30. O Olívio me disse que o Jorge Jacobine já o tinha convidado e agora reiterei o convite.
Quando estava me preparando para sair, por volta das 14 horas, para minha grande alegria, vejo... 
Querem saber quem eu vi? Antes 39 segundos de reclame:


Eram as minhas queridas irmãs Dirce Zaqueu e Maria Inês e o meu cunhado Adélio, que minha saudosa mãe chamava de "mondrongo".

Claro que o flâner sepulcral começou novamente. Agradeço sobremaneira minha querida amiga Iris Oliveira Da Silva Souza, que me deu um pacote de bolachas, porque a hora do almoço já passara.

Foi muito reconfortante rever meus entes queridos, bem como trazer à baila a memória daqueles que já foram, como dizia minha saudosa mãe, que também dizia:

- Não presta falar em quem já foi.

Ainda que eu sou o 6º bebezinho desobediente da Dona Matilide.

Por conta deste longo flâner sepulcral cheguei em casa às 16h30.

Amados entes queridos que foram para o nada, bem como aqueles que estão entre nós: Sempre, os amei, amo, e amarei.

Caloroso abraço. Saudações memorialistas/sepulcrais.

Até breve...

João Paulo de Oliveira 
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo,


Um comentário:

  1. 2 de Novembro também é Dia de Finados em Macau.
    Em Portugal é no dia 1.
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderExcluir

Google+ Badge