O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Restauração e colorização de fotografias.

Restauração e colorização de fotografias.
Caros amigos sem véus e com véus. Com muito gozo divulgo os valiosos préstimos profissionais do meu estimado amigo Reinaldo Elias, que tornou-se um tarimbado especialista em restauração e colorização de fotografias. Pelo criterioso trabalho, que envolve pesquisa e arte os preços cobrados pela restauração e colorização são módicos. Para solicitarem os valiosos préstimos profissionais entrem em contato com o meu querido amigo através do endereço eletrônico: rjelias200@yahoo.com.br Meus outonais olhos estão em água ao lembrar do já distante ano de 1962, quando minha amada e saudosa mãe me levou a uma filial das Casas Pirani, que ficava na Avenida Celso Garcia, para que seu bebezinho nº 6 fosse eternizado nesta fotografia. Embarcamos num trem de subúrbio, um reluzente trem prateado, na Estação de Santo André e desembarcamos na Estação paulistana do Brás. Lembro como se fosse hoje que levei um beliscão da minha genitora, porque eu queria a todo custo embarcar num bonde para chegar as Casas Pirani. Como eram poucas quadras de distância fomos caminhando até o paraíso do consumo. Saudades das Casas Pirani... Ontem, contei ao meu dileto amigo Gilberto Calixto Rios da minha frustração de nunca ter embarcado num bonde paulistano, que para o meu profundo desencanto teve a última linha desativada no ano de 1968, quando estávamos no auge dos nefastos e malditos anos de chumbo. No ano que fui eternizado nesta fotografia fazia sucesso estrondoso na fascinante Arte das Imagens em Movimento a película "Rome Adventure", aqui intitulada "Candelabro Italiano": https://www.youtube.com/watch?v=yLqfxLPga2E que assisti no extinto Cine Carlos Gomes, na condição de vela zeloso das minhas amadas irmãs mais velhas, a Dirce Zaqueu, Jô Oliveira e Maria Inês. Também no ano de 1962 minha diletíssima e saudosa cantora Maysa (1936-1977) deixava sua legião de fãs enternecida com a canção: https://www.youtube.com/watch?v=BeJHOAbkJcg Mãe, sempre te amei, amo e amarei. Saudades... Saudades... Saudades... Caloroso abraço. Saudações emocionadas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo. PS - Apesar dos pesares acho que continuo um petiz sonhador e esperançoso de um novo dia aos moldes da inesquecível personagem Scarlett O' Hara... Max, traga meus sais centuplicado.

Miniconto

Miniconto
Depois que minha neta me eternizou nesta fotografia o telefone tocou. Ao atender a ligação fiquei aterrorizado ao reconhecer a voz de Hades...

Mimo da Monika

Mimo da Monika
O que nos espera na próxima estação?

A viagem continua

A viagem continua
O quie nos espera na próxima estação?

Lambisgoia da Agrado

Lambisgoia da Agrado
Caros confrades/passageiros sem véus e com véus. A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, me surpreendeu porque não a vi trepar (nem preciso dizer que ela adora o outro significado deste verbo principalmente no presente do indicativo) no topo da locomotiva para se exibir e me ofuscar. Caloroso abraço. Saudações exibidas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços e com muita imaginação.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br
Caros confrades passageiros. O pertinaz duende Himineu, que trabalha - com muito afinco para o Todesca - captou e eternizou o momento que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, estava reflexiva a apreciar a paisagem no vagão restaurante do Expresso do Oriente sob meu comando. Caloroso braço. Saudações reflexivas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r
Todos a bordo... A viagem continua...

Blogs todeschinianos

Blogs todeschinianos
Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br "Sonhei que o vagão joaopauloinquiridor.blogspot.com havia caído de uma ponte que ruíra... Mas, foi só um pesadelo..." Caros confrades/passageiros! Não me canso de divulgar os imperdíveis blogs do Todesca: arqtodesca.blogspot.com.br arqtodescadois.blogspot.com.br que são Oásis num deserto de alienação cibernética. É louvável a pertinácia deste notável, tarimbado e erudito ser vivente, que brinda seus felizardos leitores com ecléticas publicações que deixam patente sua vasta erudição e bem viver. Caloroso abraço. Saudações todeschinianas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Continuo a espera de Godot...

Continuo a espera de Godot...
Saudações dionísicas.

Saudações leitoras.

Saudações leitoras.

Seguidores

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

O que nos espera na próxima estação?

 
Caros confrades/passageiros!
Como as considerações dos articulistas estão em consonância com o que penso da inaceitável carnificina na França, publico  neste vagão do Expresso do Oriente este artigo que o Todesca me enviou.
Caloroso abraço! Saudações estarrecidas!
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus!
 
"Edição no. 015/2015 : Je ne suis pas Charlie
 
 
           Tenho evitado tecer comentários sobre o lamentável episódio terrorista, ocorrido na França, que ceifou a vida de 10 jornalistas e outros indivíduos...
 
            É um assunto incômodo, polêmico, controverso e que, certamente, gera opiniões e posicionamentos conflitantes. De um modo geral, a França, o mundo e todos os Órgãos de comunicação, foram unânimes e coesos na condenação do atentado - o que está absolutamente correto! 
 
            Contudo, vi poucas ou quase nenhuma manifestação sobre "o outro lado da moeda". Isto é : sobre o exercício RESPONSÁVEL da Liberdade, Igualdade e Fraternidade, uma obrigação e um dever de todo cidadão que luta por esses ideais humanitários e que, inclusive, é coberto por rígidas determinações da Lei, em qualquer País livre!
 
            Com agradável surpresa, vi a manifestação abaixo, do ator Benvindo Siqueira, com a qual concordo totalmente e, assim, resolvi fazer a minha parte, comentando esse "outro lado da questão" que foi bastante esquecido, nesses dias!
 
            No mundo livre, a Liberdade não pode ser exercida sem a correspondente RESPONSABILIDADE e maturidade. Usar as prerrogativas da LIBERDADE para exaltar impiedosamente a homofobia, o preconceito, o desrespeito e a humilhação de quaisquer seres humanos, sem quaisquer limites, é ato condenável e que deveria ser adequadamente punido pela Lei! 
 
            O que não aconteceu na França, com as recorrentes ofensas e destempérios sempre praticados pelo Charlie Hebdo!  Contra tudo e contra todos!
 
             A "Liberdade" de um, termina quando se depara com o "Direito" do outro. Que "Liberdade" é essa, quando um Órgão de Imprensa publica e dissemina ofensas formais às crenças religiosas de populações inteiras, como as abaixo  pinçadas à título de exemplo ?  Sem qualquer ação da autoridade competente ?
 
  
 
            Esperavam o quê ?  
 
          A França, berço da Liberdade, Igualdade e Fraternidade, tem igualmente um passado terrível de escravização e de humilhação de outros povos! Que o digam os argelinos e outras de suas  "colônias"!...
 
 
 
         Esquecem-se os franceses e os europeus, de um modo geral, que a reconstrução da Europa, depois de ser devastada por duas grandes guerras, se deveu, de um modo significativo, ao trabalho e à ajuda de milhares de imigrantes, especialmente na lida daquelas funções mais braçais e menos qualificadas!  E hoje, aqueles que viajam pelo mundo, já devem ter sentido na péle,  a má vontade, a superioridade e o incômodo que lhes é repassado, especialmente pelos franceses!...
 
 
 
         A xenofobia, o fascismo, os excessos da "direita"  estão em plena ascenção, em toda a Europa. São movimentos frontalmente opostos à tâo propalada "Liberdade"  que se defende nos discursos e na propaganda enganosa!
 
         Criminosos, terroristas, assassinos, torturadores e aproveitadores dos mais fracos, devem ser presos e condenados. Independente de sua cor, de sua origem, de suas crenças!
 
         Agora, a Lei deveria ter o mesmo rigor para aqueles que, sob a bandeira de uma "falsa liberdade", humilham e desrespeitam seus semelhantes, em suas crenças, em seus valores, naquilo que é mais sagrado para cada um, sob as mais diversas formas, inclusive, da através da "Liberdade de Expressão"
 
         O mundo e, especialmente a França, estão igualmente nos devendo uma gigantesca passeata  em defesa dos excluídos, dos perseguidos, dos rejeitados, dos sem-pátria, dos refugiados expulsos pelas guerras assassinas alimentadas pelos donos do Poder...
 
 
         Je ne suis pas "ce homophobique" Charlie !....  
 
Márcio Dayrell Batitucci
 
 
 
Je ne suis pas Charlie!!!
Ator : Benvindo Siqueira
 
 
Uma das facetas do meu trabalho de ator é trabalhar com o humor.

Aprendi com os acadêmicos do humor que a graça deve ser sempre feita com elegância e respeito.

É coisa que vem de séculos da arte de ser palhaço.

Mesmo com o grosseiro e ofensivo humor  de Charlie não posso compactuar e não posso aceitar que terroristas assassinem pessoas, sejam jornalistas, ou não. Que semeiem a violência do terror entre os povos.
Lamento profundamente a morte dos dez jornalistas e dois policiais  em Paris.

Mas se homens que trabalharam pela Paz e pelo Bem, como Gandhi e Martin Luther King, foram mortos a tiros pelo Mal, o que poderia acontecer a quem há décadas instiga o ódio religioso, racial, faturando grana em edições em troca da humilhação racistas, islamofóbica, anticristã, e anti-humanista? Ou será que  dá pra esquecer a política colonialista francesa esmagando com caminhões - para não gastar balas - milhares de prisioneiros árabes argelinos nas guerras de libertação?
Navegar no sentimento francês de xenofobia e islamofobia dá boa grana, Mas um dia a casa cai. Se o  Mal cobra do Bem, como no caso de Gandhi e Martin, imaginem, o que cobrará do Mal?
Vi no CHARLIE uma charge onde em uma orgia, Deus, Jesus e o Espírito Santo - Trindade sagrada para os cristãos, participavam,  os três, de um coito anal.
Não gostei, fiquei chocadíssimo. Não ao ponto é claro de explodir a redação do Charlie. Mas chocadaço. A minha cultura e formação é cristã ocidental. Eles não têm esse direito. Na Bahia temos um ditado: Respeito é bom e eu gosto. Isto foi o mais absoluto desrespeito e o mais ofensivo deboche.
Os ataques do Charlie não se localizavam apenas contra muçulmanos, mas contra todas as crenças, todas as "fés", contra os povos do terceiro mundo e contra todo o sagrado de povos que eles, a serviço do racismo e da intolerância, ajudavam a desmoralizar, usando a capa de uma ultra esquerda.
Para os cristão não há ofensa pior  que a blasfêmia ao Espírito Santo - Marcos 3. 28, 30. Então, quando uma charge destas é publicada, o objetivo qual é? Liberdade de expressão? Divertir os cristãos? Ou ofender seus valores e ridiculariza-los? Pelos frutos conhecereis a árvore.
Nesses anos Charlie chamou os negros de macacos, os árabes de fedorentos, os judeus de avarentos, os cristãos de sodomitas...esperavam o quê? Bênçãos?
Isto a meu ver não é liberdade de expressão, é libertinagem. (Vide o sentido em  Caldas Aulete). Por exemplo: temos a liberdade de ir e vir, mas se eu entrar numa propriedade sem autorização, passa a ser invasão de propriedade e não há "liberdade de ir e vir" que me defenda nisso.
Para completar, numa  França composta por 40% de ateus, em crise econômica,  com o avanço da extrema direita, e a queda de popularidade de François Hollande, o atentado sai do campo humanista e passa para a política eleitoral. Para recuperar a popularidade e a liderança abaladas, François Hollande toma a inciativa e convoca uma manifestação monstro para este domingo. Enquanto a fascista Marie Le Pen  busca com seu discurso antiislâmico, racista e antiemigrantes conquistar mais votos para seu Partido de Extrema Direita. Os doze mortos parecem virar massa de manobra  eleitoral.
Por tudo isso torno a condenar o ataque terrorista e a lamentar a perda de vidas. Posiciono-me com veemência pela liberdade de expressão, contra a censura. Repudio a estupidez terrorista, mas não consigo ser CHARLIE. 
 
- Je ne suis pas Charlie! "
 
 
 
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge