O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Restauração e colorização de fotografias.

Restauração e colorização de fotografias.
Caros amigos sem véus e com véus. Com muito gozo divulgo os valiosos préstimos profissionais do meu estimado amigo Reinaldo Elias, que tornou-se um tarimbado especialista em restauração e colorização de fotografias. Pelo criterioso trabalho, que envolve pesquisa e arte os preços cobrados pela restauração e colorização são módicos. Para solicitarem os valiosos préstimos profissionais entrem em contato com o meu querido amigo através do endereço eletrônico: rjelias200@yahoo.com.br Meus outonais olhos estão em água ao lembrar do já distante ano de 1962, quando minha amada e saudosa mãe me levou a uma filial das Casas Pirani, que ficava na Avenida Celso Garcia, para que seu bebezinho nº 6 fosse eternizado nesta fotografia. Embarcamos num trem de subúrbio, um reluzente trem prateado, na Estação de Santo André e desembarcamos na Estação paulistana do Brás. Lembro como se fosse hoje que levei um beliscão da minha genitora, porque eu queria a todo custo embarcar num bonde para chegar as Casas Pirani. Como eram poucas quadras de distância fomos caminhando até o paraíso do consumo. Saudades das Casas Pirani... Ontem, contei ao meu dileto amigo Gilberto Calixto Rios da minha frustração de nunca ter embarcado num bonde paulistano, que para o meu profundo desencanto teve a última linha desativada no ano de 1968, quando estávamos no auge dos nefastos e malditos anos de chumbo. No ano que fui eternizado nesta fotografia fazia sucesso estrondoso na fascinante Arte das Imagens em Movimento a película "Rome Adventure", aqui intitulada "Candelabro Italiano": https://www.youtube.com/watch?v=yLqfxLPga2E que assisti no extinto Cine Carlos Gomes, na condição de vela zeloso das minhas amadas irmãs mais velhas, a Dirce Zaqueu, Jô Oliveira e Maria Inês. Também no ano de 1962 minha diletíssima e saudosa cantora Maysa (1936-1977) deixava sua legião de fãs enternecida com a canção: https://www.youtube.com/watch?v=BeJHOAbkJcg Mãe, sempre te amei, amo e amarei. Saudades... Saudades... Saudades... Caloroso abraço. Saudações emocionadas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo. PS - Apesar dos pesares acho que continuo um petiz sonhador e esperançoso de um novo dia aos moldes da inesquecível personagem Scarlett O' Hara... Max, traga meus sais centuplicado.

Mimo da Monika

Mimo da Monika
O que nos espera na próxima estação?

A viagem continua

A viagem continua
O quie nos espera na próxima estação?

Lambisgoia da Agrado

Lambisgoia da Agrado
Caros confrades/passageiros sem véus e com véus. A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, me surpreendeu porque não a vi trepar (nem preciso dizer que ela adora o outro significado deste verbo principalmente no presente do indicativo) no topo da locomotiva para se exibir e me ofuscar. Caloroso abraço. Saudações exibidas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços e com muita imaginação.

Blogs todeschinianos

Blogs todeschinianos
Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br "Sonhei que o vagão joaopauloinquiridor.blogspot.com havia caído de uma ponte que ruíra... Mas, foi só um pesadelo..." Caros confrades/passageiros! Não me canso de divulgar os imperdíveis blogs do Todesca: arqtodesca.blogspot.com.br arqtodescadois.blogspot.com.br que são Oásis num deserto de alienação cibernética. É louvável a pertinácia deste notável, tarimbado e erudito ser vivente, que brinda seus felizardos leitores com ecléticas publicações que deixam patente sua vasta erudição e bem viver. Caloroso abraço. Saudações todeschinianas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Seguidores

domingo, 1 de maio de 2016

IPRED - Instituto de Previdência do Servidor Municipal de Diadema

Caros ipredianos.
De 2 a 4 de maio o IPRED - Instituto de Previdência do Servidor Municipal de Diadema - estará aguardando os servidores ativos e inativos para votarem no novo triênio para os cargos eletivos de Orientador Previdenciário e Conselheiros.
Apoio - incondicionalmente - a candidatura da Shirley Yelri, para ocupar o cargo eletivo de Orientador Previdenciário, porque ela dará conti
nuidade a luta infinda do Mario Do Ipred para que os servidores municipais diademenses tenham um Instituto de Previdência que tenha receita e despesa equilibradas, bem como sempre atentos para que este intento seja condição "sine qua non" de sua ação. O valoroso, empenhado e destemido Mario Do Ipred não poderá se candidatar para exercer novamente o cargo de Orientador Previdenciário, mas está no pleito como candidato a Conselheiro, porque a legislação previdenciária impede a reeleição por mais de dois mandatos, como Orientador Previdenciário.
Isto posto, o Mario Do Ipred apoia - também incondicionalmente - a competente e atuante Shirley Yelri, que é servidora de carreira do IPRED e dará continuidade, com lisura e transparência - o labor até então desempenhado pelo meu querido Amigo Mario Do Ipred.
Também me candidatei para o cargo de Conselheiro Deliberativo dos Inativos e tenho o apoio do Mario Do Ipred e da Shirley Yelri, bem como da minha amiga e parceira de ofício Marcia Grotti que, apesar de ser candidata ao cargo de Conselheiro dos Inativos desistiu de concorrer ao pleito por questões de foro familiar, mas me apoia incondicionalmente.
Isto posto, como somente posso ter os votos dos servidores municipais inativos, peço que votem na Shirley Yelri e neste reles escrevinhador outonal, insulso professorzinho primário e coordenador pedagógico aposentado, porque prometo atuar como um Conselheiro sempre propenso a defender os interesses dos Servidores Públicos Municipais Inativos.
Caloroso abraço. Saudações ipredianas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e ranç
o.

Agradecimento

Caros confrades/passageiros.
Fiquei jubiloso com as mensagens que recebi pela passagem do meu Natalício, na minha página do facebook!
Muitíssimo obrigado!
Mais um ano ou, melhor dizendo, menos um ano...
Que a Padroeira do Pito Acesso nos tenha como pupilos sempre!
Caloroso abraço. Saudações agradecidas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.


PS - Amados sobrinhos Regiane Rodrigues, Reinaldo Nilceia Rodrigues e Rosi Rodrigues, a mãe de vocês, a bebezinha nº 3, da Dona Matilde, a Jô Oliveira, me ligou hoje e disse que as duas bebezinhas dela lembraram reiteradas vezes do meu Natalício e ela esqueceu.
Vocês sabem que considero a Jô Oliveira, como se fosse minha segunda mãe! No meu tempo de petiz ela era que encapava e nomeava meus cadernos com uma caligrafia supimpa, fazia a matricula na escola, me dava banho, me trazia chocolates, quando trabalhava na Indústria Valisere e depois nas Lojas Americanas e também me dava muito amor e carinho, como continua a me dar na contemporaneidade. Também ela me consolava quando levava as memoráveis sovas, da nossa amada mãe, a Sra. Matilde Pinheiro de Oliveira (1923-2008).
Jô Oliveira, sempre te amei, amo e amarei.
Cara prima Silvia Fabbrini, ché, como dizia nossa saudosa tia Carmem Pedroso Fabbrini (1909-2001, a minha amada irmã Dirce Zaqueu, 2ª bebezinha da Dona Matilde e Ô Di, para os demais bebezinhos da mãe, atiçará no meu encalço os leões da Metro, bem com a mulher da Colúmbia com a tocha acesa, de ciúmes da Jô Oliveira.
Dirce Zaqueu, também sempre te amei, amo e amarei, apesar de você nunca ter me trazido uma barra de chocolate quando voltava da Indústria Valisere e nem me consolar quando eu levava as sovas memoráveis da mãe.

Estou com saudades da Gelsomina...


Google+ Badge