O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Restauração e colorização de fotografias.

Restauração e colorização de fotografias.
Caros amigos sem véus e com véus. Com muito gozo divulgo os valiosos préstimos profissionais do meu estimado amigo Reinaldo Elias, que tornou-se um tarimbado especialista em restauração e colorização de fotografias. Pelo criterioso trabalho, que envolve pesquisa e arte os preços cobrados pela restauração e colorização são módicos. Para solicitarem os valiosos préstimos profissionais entrem em contato com o meu querido amigo através do endereço eletrônico: rjelias200@yahoo.com.br Meus outonais olhos estão em água ao lembrar do já distante ano de 1962, quando minha amada e saudosa mãe me levou a uma filial das Casas Pirani, que ficava na Avenida Celso Garcia, para que seu bebezinho nº 6 fosse eternizado nesta fotografia. Embarcamos num trem de subúrbio, um reluzente trem prateado, na Estação de Santo André e desembarcamos na Estação paulistana do Brás. Lembro como se fosse hoje que levei um beliscão da minha genitora, porque eu queria a todo custo embarcar num bonde para chegar as Casas Pirani. Como eram poucas quadras de distância fomos caminhando até o paraíso do consumo. Saudades das Casas Pirani... Ontem, contei ao meu dileto amigo Gilberto Calixto Rios da minha frustração de nunca ter embarcado num bonde paulistano, que para o meu profundo desencanto teve a última linha desativada no ano de 1968, quando estávamos no auge dos nefastos e malditos anos de chumbo. No ano que fui eternizado nesta fotografia fazia sucesso estrondoso na fascinante Arte das Imagens em Movimento a película "Rome Adventure", aqui intitulada "Candelabro Italiano": https://www.youtube.com/watch?v=yLqfxLPga2E que assisti no extinto Cine Carlos Gomes, na condição de vela zeloso das minhas amadas irmãs mais velhas, a Dirce Zaqueu, Jô Oliveira e Maria Inês. Também no ano de 1962 minha diletíssima e saudosa cantora Maysa (1936-1977) deixava sua legião de fãs enternecida com a canção: https://www.youtube.com/watch?v=BeJHOAbkJcg Mãe, sempre te amei, amo e amarei. Saudades... Saudades... Saudades... Caloroso abraço. Saudações emocionadas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo. PS - Apesar dos pesares acho que continuo um petiz sonhador e esperançoso de um novo dia aos moldes da inesquecível personagem Scarlett O' Hara... Max, traga meus sais centuplicado.

Miniconto

Miniconto
Depois que minha neta me eternizou nesta fotografia o telefone tocou. Ao atender a ligação fiquei aterrorizado ao reconhecer a voz de Hades...

Mimo da Monika

Mimo da Monika
O que nos espera na próxima estação?

A viagem continua

A viagem continua
O quie nos espera na próxima estação?

Lambisgoia da Agrado

Lambisgoia da Agrado
Caros confrades/passageiros sem véus e com véus. A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, me surpreendeu porque não a vi trepar (nem preciso dizer que ela adora o outro significado deste verbo principalmente no presente do indicativo) no topo da locomotiva para se exibir e me ofuscar. Caloroso abraço. Saudações exibidas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços e com muita imaginação.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br
Caros confrades passageiros. O pertinaz duende Himineu, que trabalha - com muito afinco para o Todesca - captou e eternizou o momento que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, estava reflexiva a apreciar a paisagem no vagão restaurante do Expresso do Oriente sob meu comando. Caloroso braço. Saudações reflexivas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r
Todos a bordo... A viagem continua...

Blogs todeschinianos

Blogs todeschinianos
Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br "Sonhei que o vagão joaopauloinquiridor.blogspot.com havia caído de uma ponte que ruíra... Mas, foi só um pesadelo..." Caros confrades/passageiros! Não me canso de divulgar os imperdíveis blogs do Todesca: arqtodesca.blogspot.com.br arqtodescadois.blogspot.com.br que são Oásis num deserto de alienação cibernética. É louvável a pertinácia deste notável, tarimbado e erudito ser vivente, que brinda seus felizardos leitores com ecléticas publicações que deixam patente sua vasta erudição e bem viver. Caloroso abraço. Saudações todeschinianas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Seguidores

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Conversas de Memória

Caros confrades/passageiros!
Ontem tive uma tarde agradabilíssma, porque fui um dos felizardos partícipes do atuante grupo memorialista, que se reúne, todas as últimas quartas-feiras do mês, na Seção de Pesquisa e Documentação, da Divisão de Preservação da Memória, vinculada a Secretaria de Cultura do município de São Bernardo do Campo-SP!
O tema em foco foi as comemorações do IV Centenário do município de São Bernardo do Campo-SP, que aconteceu no dia 20 de agosto e uma Exposição está nas luzes da ribalta:
"A exposição São Bernardo no Tempo do IV Centenário procura, por meio de documentos, objetos e fotografias históricas, rememorar as festividades do IV centenário e o contexto de transformações que atravessava a cidade na época, o qual inclui este ciclo de crescimento industrial que marcou definitivamente a história do município. Câmara de Cultura Antonino Assumpção. Rua Marechal Deodoro, 1.325, Centro. Visitação até o dia 31 (quinta), de segunda a sexta, das 9h às 19h, e ao sábado, das 9h às 14h."
Fonte: Portal da Prefeitura de São Bernardo do Campo.
Também avaliamos o Encontro anterior, quando fomos visitar o Museu do Café, na cidade litorânea e portuária de Santos-SP, que tem um centro histórico magnífico, que apesar do empenho da municipalidade santista ainda precisa de muitos subsídios.
É sempre muito gratificante rever o Sr. João Gava, que na contemporoneidade reside na cidade paulista de Santos e morou durante muitas décadas no atual município de Diadema-SP e já completou 100 anos!!!
O meu querido amigo Jorge Magyar é o comandante/mor/chefe da Seção de Pesquisa e Documentação e sempre me recebe de braços abertos, conforme atestam as fotografias que estão neste álbum (a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, disse-me que o Jorge é um ex-seminarista)!
Caloroso abraço! Saudações memorialistas!
Até breve...
João Paulo de Oliveira

PS - Quem desejar ver mais fotografias deste Evento Memorialista pode acessar a minha página do facebook:
https://www.facebook.com/joaopaulo.deoliveira.54/media_set?set=a.10202275753485096.1073741874.1528665277&type=3

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Lançamento do livro da lavra da minha diletíssima amiga, a Profª Drª Kiusam de Oliveira

Caros confrades/passageiros!
No dia 26 do mês em curso tive a gratíssima satisfação de ser um dos partícipes do lançamento do livro "O Mundo no Black Power de Tayó", da lavra da minha diletissima amiga, a Profª Drª Kiusam de Oliveira, que trouxe à luz a princesa Tayó, uma encantadora e belíssima menina, que é um exemplo edificante para todas as meninas deste maltratado e fascinante mundo que vivemos!
A erudita, arguta, belíssima, radiante, cativante, amorosa Kiusam estava um "arraso" como diriam meus amados ex-regidos!
Na qualidade de Kiusonete nº 1, Presidente do Fã Clube "Os Kiusonetes" não perderia de jeito nenhum este imperdível Evento Cultural realizado na Livraria da Vila, localizada na Rua Fradique Coutinho nº 915 - Vila Madalena - São Paulo!
Fiquei encantado em conhecer a Livraria da Vila, um local aprazível com funcionários atenciosos e um espaço amplo para aqueles leitores que desejam se encontrar com amigos para um colóquio regado a um cafezinho! Tornar-me-ei mais um frequentador assíduo desta aconchegante livraria deixando em segundo plano a Livraria Cultura da Avenida Paulista.
Claro que este imperdível Evento Cultural estava repleto de Kiusonetes, entre eles os meus mais novos e já queridos amigos Zete Santos e José Geraldo Neres, pessoas iluminadas, que irradiam energia vibrante e benéfica! No aprazível colóquio que mantivemos, enquanto a nossa deusa das deusas de todas as deusas, a valorosa Kiusam não parava de autografar livros, conforme fica patente nas fotografias, aprendi muitíssimo com eles!
Como deixei minha máquina rodante nas adjacências da Estação Jabaquara do Metro, quando este imperdível Evento Cultural terminou tive a companhia dos meus mais novos e já queridos amigos no ônibus e metro! Eles desceram na Estação Brigadeiro do Metro, porque foram à Casa das Rosas num Evento Musical. Eles me convidaram para este Evento, mas como estava cansado, porque de manhã flanei pelo Centro Velho de São Paulo com os confrades/memorailista do Grupo facebookiano SP Antigo - Memória e Preservação e já estou um velho caquético não os acompanhei perdendo oportunidade de prolongar o agradável e instrutivo colóquio.
Sempre fico em estado de deleite inefável quando revejo minha diletíssima amiga Kiusam, que deixou-me mais jubiloso ainda, porque disse-me que sou seu amuleto!!!!!
A Kusam me dá esperanças de dias melhores num mundo harmonioso!!!
Caloroso abraço! Saudações kiusonetes!
Até breve...
Kiusonete nº 1
Presidente do Fã Clube "Os Kiusonetes"

PS - Quem desejar ver mais 64 fotografia deste Evento Cultural podem ver o álbum que publiquei na minha página do facebook:
https://www.facebook.com/joaopaulo.deoliveira.54/media_set?set=a.10202269062397823.1073741873.1528665277&type=3

domingo, 27 de outubro de 2013

Jardíns de Afrodite



 
Caros confrades/ passageiros!
Sempre me encanto quando tenho a prerrogativa de adentrar no sempre bem cuidado e perfumado Jardins da minha querida Amiga Afrodite!
http://jardinsdeafrodite.blogspot.com.br/
Para a minha grata satisfação recebi de mimo da minha querida Amiga estes preciosos mimos, que ela gentilmente enviou aos seguidores em comemoração a passagem do 1º natalício do seu imperdível e encantador espaço cibernético!
 
 

sábado, 26 de outubro de 2013

CONVOCAÇÃO

 
Caros confrades/passageiros!
Na qualidade de Presidente do Fã Clube "Os Kiusonetes", convoco todos os kiusonetes para comparecerem no lançamento do livro da nossa deusa das deusas de todas as deusas, a sempre belíssima, radiante, arguta, erudita, destemida, valorosa Kiusam de Oliveira, na Livraria da Vila, aquela que fica na Rua Fradique Coutinho.
Kiusonete nº 1
Presidente do Fã Clube "Os Kiusonetes"
LUZES! CÂMERAS! AÇÃO!

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Matilde Pinheiro de Oliveira

Caros confrades/passageiros!

O dia em curso é de tristíssima lembrança para os entes queridos da Dona Matilde, porque neste fatídico dia do ano de 2008 ela deixou de existir...
Sempre que a dor da saudades fica intolerável tenho um terapia eficaz para atenuá-la, que é... escrever, como se realmente estivesse conversando com minha adorada e saudosa mãe:

Diadema, minha amada cidade, 24 de outubro de 2013.

Epístolas Paulianas

Conversando com a minha adorada e saudosa mãe (14/03/1923-24/10/2008)

Sua benção mãe!
Como o tempo urge...
Infelizmente no fatídico dia 24de outubro de 2008 a Senhora deu o último suspiro...
No seu natalício, Dia das Mães, festejos natalinos e dias como hoje, fica mais insuportável ainda ter ciência que nunca, jamais, em tempo algum, a verei, todavia é esta a dura realidade sem sua presença...
Sabe mãe, seus seis "bebezinhos" ficaram desolados e desamparados, principalmente este reles escrevinhador outonal e insulso professorzinho primário aposentado, porque o amor que a Senhora tinha por nós era imensurável...
Seu sétimo bebezinho primogênito não está desolado, porque viveu apenas quatro horas do fatídico dia 18 de novembro de 1942.
Sei que tive a felicidade de viver 55 anos da minha insulsa existência, tendo-a ao meu lado, entretanto este fato não me conforta quando a dor da sua ausência vêm com intensidade...
Dois dias após seu falecimento escrevi uma missiva comunicando o infausto acontecimento, que a seguir transcrevo:

Diadema, 26 de outubro de 2008.
Profundamente consternado comunico o falecimento da minha adorada e saudosa mãe, a Sra. Matilde Pinheiro de Oliveira, ocorrido no fatídico dia 24 de outubro de 2008...
Ela veio à luz no dia 14 de março de 1923, no bairro paulistano de Santana, onde moravam meus avós maternos, o Srº Júlio Xavier Pinheiro(1884-1966) e a Srª Belmira Pedroso Pinheiro (1900-1985), que ficaram jubilosos com o nascimento da sua primeira filha!
Mas quando ela tinha um ano de idade, meus avós fugiram apavorados da capital paulista por causa da Revolução de 1924, que ceifou muitas vidas de cidadãos paulistanos, refugiando-se no sítio do pai da minha avó materna, o Sr. Antônio Manoel Pedroso (1865-1927), no atual município de São Bernardo do Campo-SP.
Terminado o período belicoso paulistano, meus avôs maternos não retornaram ao bairro paulistano de Santana, porque continuaram a morar no sítio do meu bisavô materno, onde ela viveu até a adolescência, mudando-se a seguir, com os pais e mais três irmãos, para Santo André-SP.
Tempos depois, mais precisamente no dia 4 de dezembro de 1941, contraiu matrimônio com meu adorado e saudoso pai (meus pais eram primos em 4º grau), que foi extinto no também fatídico dia 09 de agosto de 1997.
Eles tiveram 7 filhos (o primeiro teve uma existência fugaz de apenas 4 horas no dia 18/11/1942).
A Srª. Matilde sempre se dedicou com amor, zelo e presteza a sua numerosa prole, que era provida com o labor de chauffer do meu pai, no antigo Ponto de Táxi do Cine Carlos Gomes, em Santo André-SP, telefone: 44-31-06 (será que se eu ligar ele me atende?!...)
Além deste reles e desolado escrevinhador outonal, minha adorada e saudosa mãe deixou mais 5 filhos, 13 netos e 9 bisnetos desamparados e aniquilados... Após a extinção do meu adorado e saudoso pai, o estado de saúde da minha adorada e saudosa mãe começou a ficar combalido. Ultimamente ela se locomovia com ajuda, mesmo assim com muita dificuldade, precisando da assistência, da minha valorosa e prestimosa irmã Maria Inês para todas as situações do cotidiano.
Na manhã do fatídico dia da sua extinção começou a revirar os olhos, minha irmã apavorada chamou o SAMU andreense, que prontamente a levou ao Pronto Socorro da Vila Luzita, chegando sem vida. Após os trâmites no IML (que horror...), que foram ágeis e prestativos, seu corpo foi traslado para o Sepulcário da Vila Euclides, no município de São Bernardo do Campo-SP, onde foi velado e sepultado no dia seguinte.
É insuportável pensar que o corpo da minha adorada e saudosa mãe está se decompondo no silêncio sepulcral da 2ª gaveta à direita, do jazigo 53, no Sepulcrário da Irmandade do Santíssimo, que fica no Sepulcrário da Vila Euclides, que fica na Avenida Redenção, que fica no Jardim do Mar, que fica no município de São Bernardo do Campo - SP, que fica na Região do Grande ABC, que fica na Grande São Paulo, que fica no Estado de São Paulo, que fica na Região Sudeste, que fica no país chamado Brasil, que tem a maior parte do seu território no Hemisfério Sul, que fica na América do Sul, que fica no Continente Americano, que fica no planêta digo planeta Terra, que fica no Sistema Solar, que fica na galáxia da Via Láctea, que fica no grupo de galáxias local, que é uma da bilhões de galáxias, que ficam no Universo, que pode ser um dos incontáveis Multiversos!...
Por que há existência, quando poderia não haver nada?
Nunca mais ouvirei da minha saudosa e adorada mãe:
- Oi João você está bom?!...
- Cuidado na rua por causa da ladroagem!!!...
- Se você não estudar, quando crescer vai puxar carroça...
- Não saia sem blusa, por causa da friagem...
- Jamais tome banho, após o almoço... - Não volte tarde!...
- Onde você vai e com quem? - Já rezou para dormir?!!!... - Deus te abençoe!
- Vá com Deus!
- Você precisa ter uma religião...
- Não me conformo de você ter ficado ateu..
- Vá lavar as mãos antes de comer!...
- Venha cá seu menino malcriado levar umas cintadas...
- Eu já lhe falei, nunca mais faça isto, quem mandou prender o gato no armário da pia e colocar fogo...
- Pare de ficar girando o botão da máquina de lavar roupas...
Minha vida tornou-se insulsa sem a presença radiante da minha adorada e saudosa mãe!!!!!!!!!!!...
VOLTE, MÃE, VOLTE...
Compungidamente...
João Paulo de Oliveira

PS - Mãe, foi duríssimo a perda do pai, mas ainda tínhamos o consolo de tê-la entre nós...
Nada neste maltratado e fascinante mundo que vivo mudará a cruel realidade de saber que sou órfão de pai e mãe...
Que deleite inefável seria pedir novamente sua benção e abraçá-la, bem como dizer-lhe que sempre a amei, amo e amarei!!
Seu filhinho desolado e desamparado...
João Paulo de Oliveira

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Aposentadoria

Caros confrades/passageiros!
Hoje, foi publicado no Diário Oficial do Munícipio de São Paulo o deferimento do meu pedido de aposentadoria do cargo de Coordenador Pedagógico, que ocupava na EMEF Profª Amélia Rodrigues de Oliveira!
O que me espera?!...
O Cabaret Kit Kat!!!! Ulalaaaaaaaaaaaaá!!!!
LUZES! CÂMERAS! AÇÃO!

Antônia de Oliveira Salera

Caros confrades/passageiros!
Tenho a grata satisfação de apresentar neste vagão do Expresso do Oriente, sob meu comando, minha saudosa tia paterna, a Srª Antônia de Oliveira Salera (1927-2003), que residiu na cidade paulista de Guarujá.
No meu já bem distante tempo de petiz, adolescência e
juventude costumava passar temporadas na casa dela, que ficava no Jardim Virgínia.
Ela tinha frases memoráveis, como por exemplo: -"Visita mais de três dias começa a feder"...
Ela era muito alegre e exibida e fazia apetitosos pratos!
Parece que ainda sinto o odor saborosíssimo do suculento feijão que ela preparava, que nunca tive a prerrogativa de provar em outras mesas! E o que dizer então daqueles bifes à milanesa?!... Hummmmm!!!
A tia Antônia era uma fumante inveterada e adorava tomar café. Sempre me recebia com um radiante sorriso e levantava do confortável sofá e dizia: -"Olha ele"!
Tenho um primo, que é mais novo do que eu apenas 4 meses e era meu companheiro de folguedos na praia. Adorávamos ir no canto da Praia da Enseada e depois subir uma elevação para chegar à praia das Tartarugas...
Bem próximo da residência da minha saudosa tia, na Rua Acre, tinha um canal, que na contemporaneidade foi canalizado, mas naquela época corria a céu aberto e meu primo pegava camarões graúdos que tinha seu habitat naquele então limpo canal! Décadas depois ficou totalmente poluído e mal cheiroso.
Também ainda sinto o odor dos camarões que minha tia fritava e depois comíamos a vontade!
A tia Antônia também gostava de contar muitas histórias e a noite, como não tinha iluminação elétrica nos logradouros públicos, ficávamos a observar o céu repletíssimo de estrelas, que deixava-me propenso a divagar sobremaneira...
Seu desejo foi cumprido, porque ela sempre dizia que quando sua existência cessasse queria que seus despojos fossem depositados no Sepulcrário da Vila Euclides, em São Bernardo do Campo, no jazigo da avó paterna dela, a Leopoldina Maria Fagundes (1854-1932)...
Ah! Que saudades da tia Antônia!
Enquanto eu viver ela estará na minha memória!
Peço-lhe a benção tia!
Caloroso abraço! Saudações memorialistas/familiares!
Até breve...
João Paulo de Oliveira

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Vela zeloso

Caros confrades/passageiros!
Meu estimado amigo virtual Oswaldo Soto, tornou factível minha fantasia em ser um vela zeloso nesta preciosíssima obra de arte do inesquecível pintor francês James Tissot (1856-1902)!
Gratíssimo, caríssimo amigo!!!!

domingo, 20 de outubro de 2013

Biografias

Caros confrades/memorialistas!
Enviei esta missiva, que versa sobre um tema palpitante da contemporaneidade, para o periódico "Diário do Grande ABC", que publicou na edição de hoje.

sábado, 19 de outubro de 2013

Auguste Lumière

Caros confrades/passageiros!
Em 19 de outubro de 1862 nasceu Auguste Lumière, inventor francês do cinematógrafo!
Sua existência cessou no dia 10 de abril de 1954.
LUZES! CÂMERAS! AÇÃO!
 
 
 

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Cacilda Becker (1921-1969) inesquecível atriz!


Caros confrades/passageiros! 
Será que foi neste imponente e elegante edifício, localizado na Avenida Paulista, que a inesquecível e grandiosa atriz Cacilda Becker(1921-1969) residiu até o fatídico dia que sua radiante existência cessou após ficar em coma 38 dias, depois de sofrer um Acidente Vascular Cerebral, no dia 6 de maio de 1969, quando estava em cena personificando o Estragon na peça "Esperando Godot"?
Lastimo nunca tê-la visto atuando no palco...
Um ano antes do seu óbito ela atuava num Teleteatro, produzido pela TV Bandeirantes e eu tive a prerrogativa de vê-la pelo menos atuando na televisão!
Na fascinante Arte das Imagens em Movimento, a nobilíssima atriz, atuou em duas películas "Luz dos Meus Olhos", de 1947, que não está em circulação e tem uma cópia incompleta no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e na imperdível e enternecedora película "Floradas na Serra", produzida em 1954 pela Companhia Cinematográfica Vera Cruz, em São Bernardo do Campo-SP!
Tive a gratíssima satisfação de encontra-la na íntegra no Youtube!

                    LUZES! CÂMERAS! AÇÃO!
 
Caloroso abraço! Saudações beckertianas!
Até breve...
João Paulo de Oliveira

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Marcos César da Silva


Caros confrades passageiros!
Ontem, no período vespertino, quando estava na Estação Consolação do metro paulistano, caminhando para embarcar numa máquina rodante coletiva, com destino à estação Ana Rosa e absorto na leitura do imperdível livro "Clarice," da lavra do escritor Benjamin Moser, de repente sinto um toque no meu ombro esquerdo... Ao virar tive a gratíssima satisfação de ver meu querido amigo, o nosso valoroso e pertinaz confrade memorialista Marcos César da Silva, todo sorridente, garboso e vigoroso, que me deu um caloroso abraço e mantivemos um breve colóquio!
Neste breve colóquio o convidei para ser meu acompanhante nas sessões do Clube do Professor, no Espaço Itau de Cinema Frei Caneca, que acontece todos os sábados, às 11 horas!
Ainda fico fascinado com esta fantástica tecnologia cibernética, porque ao rever de supetão meu querido amigo Marcos, fiquei com a impressão que o conheço desde o tempo que fugíamos aterrados dos predadores nas savanas do Continente Africano!
Este auspicioso fato me fez lembrar da inesquecível película "Quest for Fire" aqui intitulada "A Guerra do Fogo"!
LUZES! CÂMERAS! AÇÃO!

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Cine Belas Artes

Caros confrades/passageiros!
Ontem, ao sair da estação Consolação do metro paulistano, fiquei muito triste e saudoso das inesquecíveis películas que tive a prerrogativa de assistir no extinto Cine Belas Artes...
Lastimo profundamente saber que não terei mais o encantamento de me deparar com o escurinho do cinema do meu dileto Cine Belas Artes...
Saudades... Saudades... Saudades...
Caloroso abraço! Saudações cinéfilas memorialistas!
Até breve...
João Paulo de Oliveira
                     LUZES! CÂMERAS! AÇÃO!

domingo, 13 de outubro de 2013

Marcelo Gleiser - nobilíssimo cientista!



Caros confrades/passageiros!
Sou fã de carteirinha do notável cientista Marcelo Gleiser e leitor voraz dos seus imperdíveis livros, além dos artigos publicados no periódico Folha de São Paulo!
Este nobilíssimo ser vivente tem como premissa desvelar sempre!
O artigo publicado na edição de hoje, do periódico citado, deixou-me propenso a pensar, pensar, pensar, pensar, pensar, pensar...
Saudações inquiridoras!
Até breve...
João Paulo de Oliveira 

 http://www1.folha.uol.com.br/colunas/marcelogleiser/2013/10/1355638-cinco-bilhoes-de-anos-de-solidao.shtml

Memória

Caros confrades memorialistas!
No fatídico dia 5 de julho do ano em curso cessou a existência de uma querida prima distante (nossos bisavós maternos eram irmãos), a Apparecida Rodrigues Fazzio (1937-2013), que nasceu e sempre viveu no bairro, agora diademense, de Piraporinha.
Seu irmão mais velho, o Artur Rodrigues, como sabe que aprecio sobremaneira cultuar a memória, concedeu-me a prerrogativa de ser o guardião de fotografias e documentos antigos, que estavam com a Cida, como carinhosamente chamávamos a Apparecida!
Encontrei algumas preciosidades, que aos poucos publicarei na nossa querida página "História e Cultura do ABC"!
Entre os guardados da Cida estão recortes, que colocam em foco o bairro de Piraporinha e seus antigos moradores, na então coluna Memória, da lavra do nosso querido amigo, o jornalista e escritor Ademir Medici, um incansável paladino em prol da nossa combalida memória, publicada diariamente no periódico "Diário do Grande ABC", desde o dia 2 de setembro de 1987.
Considerei pertinente publicar esta Coluna Memória do ano de 1994, porque atesta o que o nosso pertinaz historiador/doutorando Renato Alencar Dotta, disse recentemente neste espaço cibernético memorialista sobre a inclusão do D no ABC, no IV Congresso de História do ABCD, realizado no ano de 1996.
Caloroso abraço! Saudações memorialistas/abceanas!
Até breve...
João Paulo de Oliveira

sábado, 12 de outubro de 2013

Bairro paulistano do Cambuci



Caros confrades/passageiros!
No mês passado visitei meu querido amigo Israel Steinbok, que reside na rua Teodureto Souto, no bairro paulistano do Cambuci.
Antes de chegar ao apartamento do Israel fiquei procurando vaga para estacionar minha máquina rodante e depois de mais de 10 minutos de procura encontrei uma vaga a algumas quadras de distância do meu destino.
Aproveitei a caminhada para observar e fotografar algumas belas residências do bairro do Cambuci, como por exemplo este simpático e elegante conjunto de quatro sobrados geminados, construídos provavelmente nas décadas de 20 ou 30 do século passado.
Como sempre faço quando me deparo com edificações antigas e, principalmente, quando as vejo bem conservadas, fiquei cá a divagar o modo de vida dos paulistanos de classe média, que ali viveram, fornicaram e morreram...

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

A Universidade de São Paulo

Caros confrades/passageiros!
O Martin Jayo publicou na sua página do facebook este anúncio da Revista Seleções de 1953, o ano que este maltratado e fascinante mundo me viu chegar à luz na rua Javaés nº 182, Vila Assunção, localizada no município paulista de Santo André e na minha já bem distante adolescência (1966-1971) era leitor e como estávamos no auge da guerra fria a Revista nos fazia crer que os soviéticos "comiam criancinhas no jantar".
Fico cá a divagar os interesses mercantilistas que foram o esteio desta publicação...

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Diadema, minha amada cidade!

Caros confrades/passageiros!
O Centro de Memória de Diadema, localizado na Avenida Alda nº 255, telefone (11) 4043-0700, organizou no ano de 2006, uma "Mostra Professor Evandro Caiafa Esquível" para prestar tributo pela passagem do natalício do seu centenário a este saudoso e atuante diademense, que deixou marcas indeléveis na minha amada cidade de Diadema!
A Mostra foi organizada pelos sempre pertinazes funcionários do Centro de Memória, com objetos doados pela valorosa filha do saudoso casal Profº Evandro e Profª Sylvia Ramos Esquível, a Srª Vania Silva Esquível Denari, que reside na cidade de Santos-SP.
Na ocasião a valorosa e tarimbada historiadora Malu Ferreira, distribuiu aos presentes, na abertura da Mostra, cinzeiros com o Brazão de Diadema, encomendado pelo então prefeito de Diadema, o saudoso Profª Evandro, no 1º ou 2º aniversário da minha amada cidade de Diadema, segundo me informou o valoroso e pertinaz memorialista e funcionário do Centro de Memória, o emancipador diademense Walter Adão Carreiro, foram distribuídos aos munícipes naquele natalício da cidade e como ficaram cinzeiros remanescentes os felizardos presentes, entre os quais este reles escrevinhador outonal e insulso professorzinho primário aposentado, receberam de mimo os cinzeiros remanescentes.
O saudoso Profº Evandro foi o Mandatário Maior do Poder Executivo no Âmbito Municipal em duas gestões 1960-1963 e 1969-1972.
Este inesquecível e valoroso diademense, que viu à luz pela primeira vez na cidade de Santos-SP, foi um dos líderes do movimento de emancipação do então distrito de Diadema, do município de São Bernardo do Campo-SP, que culminou com um plebiscito no dia 24 de dezembro de 1958 e por um diferença de apenas 47 votos os emancipadores comemoraram efusivamente a vitória do S I M e, a partir do dia 1 de janeiro de 1960, minha amada cidade de Diadema tornou-se o mais novo município paulista e a penúltima cidade a compor a Região do Grande ABC, a última cidade foi Rio Grande da Serra-SP em 1964, que se emancipou do município de Ribeirão Pires!
Tenho a mais absoluta convicção que o saudoso Profº Evandro teve a ideia de encomendar o cinzeiro com o Brazão da cidade para que os diademenses pudessem guardar de lembrança um mimo alusivo a cidade, todavia na contemporaneidade não ficaria de bom tom ofertar graciosamente cinzeiros, porque está patente que o cigarro causa danos irreversíveis aos fumantes.
Agradeço a gentileza do meu querido amigo Walter Adão Carreiro, que gentilmente confirmou alguns dados aqui apontados!
Quem ainda não conhece tenho a grata satisfação de apresentar o Hino de Diadema!

                      LUZES! CÂMERAS! AÇÃO!

Caloroso abraço! Saudações diademenses!
Até breve...
João Paulo de Oliveira

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Mudança de hábitos alimentares

Caros confrades/passageiros!
Desde o início do mês de agosto do ano em curso mudei radicalmente meus hábitos alimentares!
Os benefícios desta sábia decisão já são notórios, porque sinto-me bem mais disposto e o melhor ainda já perdi 11 quilos!!!
Hoje, ao verificar meu peso, constatei que estou com 76,8 quilos!
A calça que usava de numeração 52 já estava apertada quando tomei a decisão de mudar meus hábitos alimentares! Para minha grande satisfação já posso usar calça de numeração nº 46!
Ontem fui à Nutricionista. Ela me parabenizou pela minha pertinácia em mudar hábitos alimentares e fez alguns ajustes na minha dieta alimentar, bem como orientou-me a não repetir o prato onde aparece macarrão, milho e bolinhos todos da mesma classe de alimentos.
Caloroso abraço! Saudações dietéticas!
Até breve...
João Paulo de Oliveira

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Mouling Rouge

Caros confrades/passageiros!
Meu telefone portátil vibrou!
Preciso dizer quem era?!...
Claro que era a minha amiga, a Dona Miquelina Pinto Pacca! (huhummm)
Ela disse-me que a boneca Emília estava radiante, porque soube que o Oswaldo Soto, tornou um fato a minha fantasia de ser um dos felizardos partícipes desta belíssima obra de arte, da lavra do inesquecível pintor francês Jean André Rixens (1846-1925), que eternizou o Cabaret parisiense Mouling Rouge numa das suas primorosas obras de Arte!
A boneca Emília me deu o direito de aspirar cinco pitadas do pó de pirlimpimpim e quando abri os olhos estava na "La Belle Époque" mais precisamente no ano de 1892!!!!
Ulalaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaá!
                      LUZES! CÂMERAS! AÇÃO!

Google+ Badge