O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Seguidores

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Sra. Porter sua memória sempre será cultuada e citada como exemplo de uma mãe pertinaz que jamais deixou a peteca cair!



6 comentários:

  1. Estimado Confrade e Ilustre Prof. João Paulo,
    Este comovente filme e que inspirou centenas de pessoas com deficiência, é um filme fantástico, me diz algo porque o vi justamente na cidade de Portland, onde residem minhas cunhadas e onde passei, por três vezes, lá alguns meses, como tal cidade de conheço bem.
    Igualmente me diz algo, porque quando era miudo fui igualmente vendedor de porta em porta.
    Portland, Oregon, 1955. Apesar de ter nascido com uma paralisia cerebral, que cria limitações na sua fala e movimentos, Bill Porter (William H. Macy) tem todo o apoio da sua mãe para obter um emprego como vendedor na Watkins Company. Bill consegue o emprego, apesar de certa relutância devido às suas limitações, pois teria que ir de porta em porta oferecendo os produtos da companhia. Bill só conseguiu o emprego quando disse para lhe darem a pior rota. Primeiramente Bill é rejeitado pela pessoas "normais", mas ao fazer sua 1ª venda para uma alcóolatra reclusa, Gladys Sullivan (Kathy Baker), ele literalmente não parou mais. Por mais de 40 anos Bill caminhou 16 quilômetros por dia e, para ajudá-lo nesta trajetória, além da sua mãe e Gladys, surgiu Shelly Soomky Brady (Kyra Sedgwick).

    No filme, Kyra Sedgwick, Helen Mirren e Kathy Baker vivem mulheres com importantes papéis na vida de Bill. Na vida real, outros grandes talentos vivem engraxates, crianças, garçons, motoristas de ônibus, recepcionistas de hotel e outros que também se inspiram ha história dele. De Porta em Porta, de coração em coração Bill Porter sabe como se comunicar com as pessoas.
    Abraço amigo

    ResponderExcluir
  2. Caro amigo António Cambeta!
    Quando preparava a publicação em foco, neste vagão do Expresso do Oriente, imaginei que o Detetive Pardal conhecia esta imperdível película!
    Caloroso abraço! Saudações porterianas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o filme, mas lido o comentário do amigo Cambeta e o vídeo, fiquei impressionado !
    Deve ter sido um "papel" muito difícil de interpretar, um belo filme e daí os Awords conseguidos !
    Uma atitude que deveria ser seguida por muitos daqueles que se queixam que não têm trabalho, mas que nada fazem para o conseguir, desde que tenham que sair da sua zona de conforto e continuar a manter o seu subsídio de desemprego !
    Muito atual nos dias de hoje em Portugal, mesmo para pessoas normais !

    Abraço ! :))
    .

    ResponderExcluir
  4. Caro amigo Rui da Bica!
    A história do Bill Porter é um exemplo de inclusão!
    Caloroso abraço! Saudações inclusivas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  5. Caro Prof. João Paulo de Oliveira,
    Que trio de actores fenomenais - William H. Macay, Dame Helen Mirren, Kira Sedgwick.
    Com estes actores, e um argumento magnífico, tem que haver magia, cinema.
    Aquele abraço e votos de bfds!!

    ResponderExcluir
  6. Caro amigo Pedro Coimbra!
    As interpretações impecáveis deste trio de atores nos brindou com uma película inesquecível!
    Caloroso abraço! Saudações cinéfilas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir