Bem-vindos ao meu vagão do Expresso do Oriente!!!!!...

Bem-vindos ao meu vagão do Expresso do Oriente!!!!!...

O que nos espera na próxima estação?!...

O que nos espera na próxima estação?!...

Todos a bordo

Todos a bordo
O que nos espera na próxima estação?!...

A viagem continua

A viagem continua
Fico cá a divagar o que me espera na próxima estação?

Irmã Gyoconda Ferro Salgado

Irmã Gyoconda Ferro Salgado

Mais uma irmãzinha indicada pelo Todesca

Mais uma irmãzinha indicada pelo Todesca

Trem

Trem

O que nos espera na próxima estação?!...

O que nos espera na próxima estação?!...

Gene Tierney

Gene Tierney

Seguidores

Mais um mimo do Todesca

Mais um mimo do Todesca

Mais um mimo do Todesca!

Mais um mimo do Todesca!

Outro mimo do Todesca

Outro mimo do Todesca

Mais um mimo do Todesca

Mais um mimo do Todesca

Mimo do Pedro Coimbra!

Mimo do Pedro Coimbra!

Mimo do Todesca

Mimo do Todesca

Mimo da Monica Stary

Mimo da Monica Stary

Trem passando

Trem passando

Veronika

Veronika

Adeus

Adeus

Foto de 1893

Foto de 1893

irmã do Convento das Redentoras Humilhadas.

irmã do Convento das Redentoras Humilhadas.

Mimo da deusa Afrodite

Mimo da deusa Afrodite

Mimo da deusa Afrodite

Mimo da deusa Afrodite

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Negros que fizeram a história do Brasil

Caros(as) confrades! Não dá para ficar indiferente quando lembramos que por três séculos da nossa história vigorava a escravidão entre nós. Causa profunda indignação saber que a custa de muito suor, sangue e lágrimas, seres humanos eram escravizados... O que seria das nossas existências, aqui na terra que ainda tem palmeiras e sabiás, sem os nossos ascendentes que vieram a força para cá?!...

6 comentários:

  1. Caro professor.
    Também fico me perguntando se não fossem os negros, o que teria sido deste país?
    Infelizmente, aqui correu muito sangue desses bravos guerreiros negros, a quem devemos muito.
    Boa semana..

    ResponderExcluir
  2. Cara confrade Cristina Fonseca!
    Estamos na mesma sintonia...
    Caloroso abraço! Saudações inconformadas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  3. Estimado Confrade e Ilustre Prof. João Paulo,

    Tanto os indígenas quanto os escravos africanos foram elementos essenciais para a formação não somente da população, mas também da cultura brasileira. A diversidade étnica verificada no Brasil decorre do processo de miscigenação entre colonos europeus (portugueses), indígenas e africanos. A cultura brasileira, por sua vez, apresenta fortes traços tanto da cultura indígena quanto da cultura africana. Desde a culinária, onde se verificam o vatapá, o caruru e chegando até a língua portuguesa, é impossível não perceber a influência da cultura dos povos que foram escravizados no Brasil.
    O mesmo aconteceu nos EUA e outros países da América latina.
    Marques de Pombal aboliu a escravatura mas só passados muitos anos, no Brasil é que foi dada por terminada, mas nos presentes dias a escravutura continua, noutros moldes a nível mundial.
    Abraço amigo

    A origem da feijoada brasileira tem sido alvo de controvérsias, alguns afirmam que, ao contrário do que é amplamente difundido, não tem origem entre os escravos, mas em um prato português. Nesse aspecto, entretanto, é importante ressaltar que partes dos porcos utilizados no preparo da feijoada não eram usados pelos escravocratas, o que reforça a tese de que, como em outros espaços da cultura brasileira, houve uma reelaboração a partir do que os negros dispunham para sua alimentação.

    ResponderExcluir
  4. Sabe do que é que me lembrei ao ler este seu post?
    Da novela Escrava Isaura que tanto sucesso fez.
    Aquele abraço

    ResponderExcluir
  5. Estimado confrade e amigo António Cambeta!
    Os portugueses também tentaram escravizar meus ascendentes nativos...
    Caloroso abraço! Saudações fraternais!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderExcluir
  6. Caro confrade Pedro Coimbra!
    A novela, que você cita, fez sucesso em todos os países que foi exibida!!!
    Caloroso abraço! Saudações televisivas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-S

    ResponderExcluir